Blog
nao-tenho-tempo-para-estudar-concurso

“Não tenho tempo para estudar para concurso”: o que nos impede e como driblar as desculpas

Muitas pessoas pensam no estudo como uma tarefa difícil e até entediante. Mas por que? É porque nunca fomos ensinados a estudar de maneira interessante e eficaz. E quando ficamos mais velhos e o concurso surge como uma oportunidade de carreira, a desculpa mais recorrente é “não tenho tempo para estudar para concurso”.

Sem entender como abordar os estudos, muitas vezes evitamos começar e dizemos a nós mesmos que “vamos deixar mais pra frente”. Isso muitas vezes leva a um ciclo vicioso, o estudo fica mais distante da rotina e logo parece impossível recomeçar.

Felizmente, existe uma solução simples para ajudá-lo a parar de dizer que não tem tempo para estudar para concurso: criando uma estrutura que o ajude a seguir em frente.

Isso pode ser tão simples quanto estabelecer alguns objetivos que você estava adiando. Uma vez definidos, as tarefas ficam mais interessantes do que se espera e não tão difíceis quanto você temia.

Há também uma incrível sensação de satisfação e alívio experimentada quando você conclui uma tarefa. Este sentimento de realização irá motivá-lo a manter o bom trabalho e o seu ritmo de estudo.

Não tenho tempo para estudar para concurso: barreiras que geram essa ideia

Barreiras ao estudo podem ser pensadas de duas maneiras: bloqueios conscientes e subconscientes. De modo simplificado, as barreiras conscientes são aquelas de que você está ciente e às subconscientes são aquelas que você nem sabe que existem.

As barreiras conscientes existem quando você pensa que não tem tempo para estudar para concurso, e incluem:

  • Distrações como a TV, uma notificação de um novo e-mail ou as redes sociais;
  • Razões práticas, como ajudar em casa ou ter um trabalho em tempo integral, que reduzem o tempo disponível para estudo.
  • Ambiente de estudo inadequado, com muito barulho ou sem privacidade.

A maioria das pessoas que estuda nunca tem as condições ideais e perfeitas para estudar. Todo mundo tem que lidar com essas distrações. O melhor que você pode fazer é aproveitar ao máximo a situação. Lembre-se: você não pode continuar dando desculpas para não começar.

Já as barreiras subconscientes não são tão óbvias e podem ser mais difíceis de lidar. Aqui estão alguns dos bloqueios típicos que tornam difícil motivar-se e seguir em frente.

Os bloqueios que surgem no caminho são:

  • Sentimentos de insegurança: muitas pessoas se perguntam: “Por que eu deveria tentar se não vou conseguir passar mesmo?” Isso pode gerar falta de autoconfiança e menos motivação;
  • Sentimentos de ansiedade: preocupação com as provas chegando pode causar estresse real quando se estuda para concurso. Ansiedade é frequentemente resultado de não ter um plano ou estrutura e não ter metas de longo prazo;
  • Sentimentos de medo: o medo de não conseguir pode ser uma grande distração no estudo, e traz um sentimento de desamparo;
  • Sentimento de opressão: com a montanha de trabalho à frente, começamos a entrar em pânico. Parece impossível sair do lugar. Continuamos adiando o quanto podemos e isso pode levar a sentimentos de desesperança.
  • Medo do fracasso: para muitas pessoas, o medo do fracasso pesa muito em suas mentes. É uma das razões mais comuns para uma pessoa justificar que não tem tempo para estudar para concurso. A menos que esse medo seja superado, pode ser difícil atingir seus objetivos.

O vídeo abaixo explica como o estresse afeta nosso cérebro (no ícone ao lado do botão de ‘volume’ é possível ativar a legenda em português):

 

É possível remover essas barreiras para estudar. A lista a seguir é uma ótima maneira para reduzir o bloqueio de não ter tempo para estudar para concurso e começar a fazer um bom trabalho.

Como superar as barreiras e começar a estudar para concurso

  • É bom conversar. Converse com um pai, professor ou amigo. Discuta seus maiores bloqueios de estudo e pense em como remover essas distrações do seu dia-a-dia;
  • Estabeleça metas para você mesmo. Com metas fortes, nos fortalecemos para alcançar o que mais desejamos;
  • Livre-se da dúvida com afirmações positivas. Lembre-se de que você é inteligente e capaz e não se desvalorize. Comemore sucessos e realizações, não importa quão pequenos sejam;
  • Lembre-se de que a chave para o sucesso é a consistência. Os alunos mais bem sucedidos são aqueles que realizam um trabalho efetivo todos os dias;
  • Use o exercício para gastar qualquer energia nervosa que você tenha enquanto estuda. A ciência diz que apenas 20 minutos de cardio podem melhorar sua memória. Ir para uma corrida rápida antes de estudar pode ser uma ótima maneira de limpar a cabeça e manter o foco nos livros;
  • Anote como você se sente sobre diferentes assuntos e exames. Isso ajuda a identificar quaisquer problemas para que você possa começar a se livrar deles;
  • Pense em mudar seu ambiente de estudo. Para manter as coisas frescas e interessantes, experimente algo diferente, como aproveitar um coworking, em vez de sua mesa habitual em casa;
  • Faça do estudo uma parte regular de sua rotina. Isso ajudará a fortalecê-lo como um hábito e fará com que pareça menos com uma obrigação;
  • Você pode mudar como faz as coisas nos fins de semana, como não sair no sábado à noite e se levantar para estudar cedo no domingo de manhã (quando a casa pode ficar mais calma);
  • Não deixe que o medo do fracasso se torne um problema – use o aprendizado positivo das técnicas eficazes de habilidades de estudo para superar quaisquer dúvidas que você possa ter sobre não ter êxito em seus objetivos e resultados;
  • Mais importante ainda, seja disciplinado. Quando você decide sobre uma determinada abordagem ou plano, cumpra-o. Faça revisões periódicas e alterações, se necessário;
  • Estude em intervalos! Estudar em ciclos de 20 a 50 minutos e dar-se 5 a 10 minutos de intervalo é uma técnica muito produtiva. Distribuir a aprendizagem ao longo do tempo normalmente beneficia a retenção no longo prazo mais do que em um curto período;
  • Gerenciamento de tempo: ao criar um plano de estudo e cronograma equilibrado, você poderá estudar cada assunto em sua totalidade e, em última instância, aumentar o desempenho do seu teste.

Esperamos que essas dicas ajudem você a superar as desculpas comuns de não ter tempo para estudar para concurso.

Lembre-se de que se você precisar de algum apoio extra a tecnologia é uma aliada com a qual você pode contar para estudar melhor.

Com o aplicativo do Estudaqui em poucos cliques você seleciona a prova que você irá fazer e organiza uma rotina dentro do modelo de ciclo de estudos. Tudo automaticamente, e considerando a sua facilidade PESSOAL em cada disciplina.

O Estudaqui também marcará seus tempos de estudo diariamente para acompanhar sua evolução. Assim você irá melhorar diariamente a eficiência dos seus estudos.

Precisa de um plano de estudos eficiente, personalizado e que atenda às suas necessidades? Acesse nosso site e conheça mais sobre o Estudaqui. Você pode economizar muito tempo e otimizar seus horários de estudo.

Um abraço, Tiago Ribeiro Neves.

Ver todos os artigos de Tiago Ribeiro Neves