Como estudar para concurso público sozinho e com eficiência

Como estudar para concurso público sozinho e com eficiência

Embora existam muitos cursinhos preparatórios no mercado, cresce o número de concursandos que desejam estudar por conta própria. Dessa forma, o desejo de aprender como estudar para concurso público sozinho é um questionamento recorrente entre os concursandos.

Estudar sozinho significa criar a própria rotina de estudos, escolher materiais atualizados e adotar bons métodos. Tudo isso não é tarefa fácil, exigindo muita pesquisa e organização.

Além disso, é necessário trabalhar constantemente a sua inteligência emocional, a fim de que seu objetivo final seja suficiente para manter a sua disciplina para com os estudos.

Para ajudar a explicar como estudar para concurso público sozinho e com máxima eficiência, convidamos um amigo muito conhecido no meio dos concursos, Fernando Mesquita, para expor seu posicionamento.

Continue a leitura e entenda como tornar o seu universo particular de concursando muito mais proveitoso! Mas antes de tudo, entenda o que é realmente estudar para concurso público sozinho.

Faço apenas uma breve pausa no artigo para deixar claro que eu, Alexandre Meirellesnão tenho qualquer relação com a Estudaqui e que não ganho nada ao escrever esses artigos e nem ao indicar o aplicativo Estudaqui. Indico o aplicativo e apoio o site porque gosto e porque eles são realmente os melhores do mercado no que fazem, são de longe a melhor opção!

O que significa estudar sozinho?

Fernando Mesquita - FotoUm equívoco recorrente entre muitos concursandos, segundo Fernando Mesquita, é acreditar que estudar sozinho significa aprender sem a ajuda de nenhum recurso externo.

“Estudar sozinho não é sentar na sua mesa e tentar aprender conteúdo com informações vindas por wi-fi (risos). Estudar sozinho, por exemplo, é não depender de curso preparatório”, explica Mesquita.

Inclusive, ao tomar a decisão de estudar para concursos públicos, muitas pessoas acreditam que, obrigatoriamente, devem se matricular em um curso preparatório – o que exigirá, além de investimento financeiro, deslocamento diário se for um curso presencial.

Contudo, há alternativas de se capacitar e manter o conhecimento atualizado sem precisar ingressar em um curso presencial.

Use os recursos externos

Para isso, é possível, com a popularização da internet, contratar cursos online – em PDF ou em vídeo, que podem ser tão úteis ou até mais relevantes que os cursos tradicionais.

Em suma, saber como estudar para concurso público sozinho é ter a destreza de adquirir materiais atualizados, conhecer e adotar bons métodos de estudos e se dedicar.

Para isso, é fundamental ter a internet como aliada na busca de bom conteúdo – tanto de material quanto inspiracional.

Ou seja, buscar uma mentoria online  como do Fernando Mesquita, Alexandre Meirelles  e outros Mestres, por exemplo, poderá ser útil para guiar seus estudos, aprender bons métodos e conhecer bons materiais.

Da mesma forma, estudar sozinho não significa se isolar. Socializar com outros concursandos, desde que com sabedoria, também pode ser muito relevante para o seu crescimento.

Busque formas de socialização, mas tenha cuidado com más influências

Antigamente, não existia outra modalidade de cursos preparatórios além dos cursinhos presenciais.

Dessa forma, esses locais, além de servir para a capacitação, eram verdadeiros “epicentros” de socialização entre concursandos.

Nas salas de aula, os concursandos trocam experiências, dicas de materiais e resumos, o que, inevitavelmente, dá uma motivação extra.

Agora, por sua vez, as pessoas estão mais concentradas no seu mundo, com suas aulas, PDFs e métodos.

Em suma, o grande “problema” de estudar sozinho é que você não vê mais ninguém estudando, e por isso pode ficar desmotivado.

Por isso, saber como estudar para concurso público sozinho é também entender como encontrar novas formas de socializar com qualidade com pessoas que se encontram na mesma situação que você.

Sendo assim, vale a pena investir em comunidades e grupos supervisionados por mentores no Facebook, a fim de trocar experiências com concursandos. No entanto, fuja de grupos cheios de boatos e discussões improdutivas.

A socialização não deve atrapalhar seu estudo sozinho

Fernando Mesquita aponta que, muitas vezes, manter-se distante de grupos é uma escolha sábia por quem estuda sozinho.

“Hoje, por a gente estar um mundo hiperconectado, você acaba tendo mais noção de desvios. Você entra em redes sociais, você vê pessoas comentando que cumpriram muitas horas de estudo ou que têm diversos materiais atualizados. E, de repente, você começa a se comparar com uma perspectiva que muitas vezes não é real”, alerta Mesquita.

Sendo assim, é fundamental “parar de comparar o seu bastidor com o palco do outro”. Muitas vezes, o concursando que publica que estudou 12 horas no dia não obteve o mesmo desempenho no dia anterior.

Dessa forma, Fernando explica que reconhecer seu perfil social é importante: “Quando eu estudava, o desconhecimento da concorrência não me afetava – mas existem pessoas que têm uma necessidade social maior, de se conectar às outras pessoas e compartilhar experiências”.

Portanto, ao entender como estudar para concurso público sozinho, saiba que o isolamento e a tentativa de bloquear as interferências negativas são interessantes para obter um melhor desempenho.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Para facilitar seu aprendizado, colocaremos primeiro uma listagem das dicas de como estudar para concurso público sozinho, e depois colocaremos os detalhes no restante do artigo.

Como estudar para concurso público sozinho

  • Use a internet e as redes sociais a seu favor;
  • Estude até mais do que o tempo de um cursinho;
  • Tenha em mãos bons materiais;
  • Cumpra prazos e cronogramas;
  • Exercícios e simulados;
  • Elimine as distrações.

Agora sim, veja mais detalhes de cada dica abaixo.

Como estudar para concurso público sozinho: 6 passos essenciais

Estudar por conta própria é possível – basta um pouquinho de coragem e um bocado de disciplina.

Para explicar de uma vez por todas como estudar para concurso público sozinho, separamos seis aspectos indispensáveis. Confira!

1. Use a internet e as redes sociais a seu favor

A internet oferece muitas possibilidades, tanto para o bem quanto para caminhos não tão benéficos assim para quem deseja estudar para concurso público sozinho.

Nela, você pode encontrar seus materiais de estudo, bem como programas de mentoria e suporte para complementar seus estudos.

É na rede que você pode ter acesso a videoaulas gratuitas, entrar em fóruns de discussão e, também, ter acesso a editais e provas anteriores do seu certame.

Diante disso, muitos sites disponibilizam provas antigas de concursos, simulados e muitos exercícios. Procure-os e faça o máximo que puder!

Assim, você pode avaliar como são os tipos de prova e descobrir o tempo que você leva para responder às questões, identificando seus pontos fortes e fracos.

Além disso, é crescente o número de canais de “consultoria” e mentoria para concursos públicos – como citamos anteriormente.

2. Estude até mais do que o tempo de um cursinho

Se você pensou em fazer um cursinho é porque você teria a possibilidade de estudar por três ou quatro horas por dia, certo?

Assim sendo, você deve estudar mais que esse tempo em casa, afinal, ainda tem a vantagem de não ter que se deslocar para o local do curso e ainda poder evitar as distrações que uma sala de aula possui.

Muitas vezes, por não estar em um cursinho, talvez você pense que pode se dar o direito de fazer qualquer outra atividade que você não faria se estivesse no curso presencial. Isso é um erro.

Você precisa ter a mesma disciplina e compromisso para aprender como estudar para concurso público sozinho que teria se tivesse matriculado em um curso preparatório.

3. Tenha em mãos bons materiais

Por mais que você não frequente um cursinho, você precisa ter materiais que o ajudem a estudar de forma adequada. Eles podem ser:

  • Aulas em PDF;
  • Videoaulas;
  • Livros.

É importante que todos os materiais que você escolha ao estudar para concurso público sozinho estejam adequados ao seu nível de estudo.

Sendo assim, se você está começando a estudar agora, é importante focar em materiais básicos e introdutórios.

Mais uma vez, os canais especializados em concursos podem indicar por quais materiais você deve estudar.

4. Cumpra prazos e cronogramas

O que acontece com muitas pessoas que estudam para concurso público sozinhas é a falta de organização, que gera baixo desempenho.

Por isso, você precisa de um prazo para finalizar os estudos de cada matéria. Implemente um ciclo de estudos e, principalmente, intercale as matérias estudadas, a fim de abarcar todo o conteúdo e não cansar a sua mente com uma mesma disciplina.

Para definir um bom Ciclo de Estudos, confira a nossa playlist no youtube com vídeos sobre por quantas disciplinas começar a estudar, quantas estudar por dia e o tempo de duração ideal de um Ciclo de Estudos.

Usar app para ciclo de estudos que automatiza a organização das matérias também é interessante e até bem mais prático. 

5. Exercícios e simulados

Depois de estudada a teoria, é importante que você faça questões relacionadas ao que acabou de estudar.

Por isso, procure provas anteriores do certame desejado e simule a prova. Basta imprimir os exercícios e aplicá-los no tempo de prova, como se você realmente estivesse fazendo a prova do concurso.

Ademais, falamos sobre as vantagens de fazer simulados durante os estudos para concursos públicos. Confira!

6. Elimine as distrações

Por mais que uma sala de aula tenha elementos que possam causar distração, a sua casa não é muito diferente disso.

No entanto, quando vamos ao curso, o nosso cérebro compreende que estamos indo a um local de estudos.

Já quando estamos em casa, pode ocorrer do nosso cérebro “relaxar”, pois é um ambiente de descanso.

Para evitar esse relaxamento, existem algumas dicas úteis para dominar como estudar para concurso público sozinho, que são:

  • Defina um ambiente de estudos;
  • Determine um horário de estudos;
  • Não estude com o celular ao lado ou com a televisão ligada.

Além disso, gostamos sempre de ressaltar que a vida de um concursando deve girar em torno da sua saúde, sua família, alguns amigos, seu trabalho (se tiver) e os estudos.

E, ainda, para ser considerado um concursando compromissado, nenhuma das suas atividades deve estar fora desses âmbitos. Por isso, esteja atento às suas escolhas!

Montando um ciclo de estudar para estudar para concurso público sozinho

Em suma, saber como estudar para concurso público sozinho é ter disciplina, organização e também reconhecer suas fraquezas.

Alexandre Meirelles e Fernando Mesquita reforçam que você deve saber usar os recursos que estão disponíveis.

Como abordado no item #4, os aplicativos para ciclo de estudo são ferramentas muito úteis na organização, principalmente, para quem estuda sozinho. 

Afinal, é comum se sentir perdido e não saber por onde começar a estudar no minuto em que olha o edital pela primeira vez — quem é concurseiro de primeira viagem ainda mais!

O Estudaqui é o único do mercado que consegue fazer um plano de estudo com maestria de forma automática. Os concorrentes não criam ciclos tão eficientes, o que pode atrapalhar muito seu rendimento.

Com o Aplicativo você seleciona a prova que irá fazer, e ele organiza toda a sua rotina dentro do modelo de ciclo de estudos, considerando as suas facilidades PESSOAIS em cada disciplina. 

O Estudaqui te ajudará a estudar sozinho para concurso público, vestibulares, ENEM, OAB e outras provas de classe, e qualquer outro tipo de prova. Com ele você sabe como, quando e o que estudar. 

E ainda possui a funcionalidade de controle para que possa ver o quanto já avançou em seus blocos de estudo e quanto falta para terminar um ciclo. 

Além de tudo isso, há estatísticas e métricas pensadas para que você consiga melhorar o seu estudo diariamente e consiga a aprovação no menor tempo possível. Conheça todos os detalhes no site

Um abraço, Alexandre Meirelles e Fernando Mesquita.

Ver todos os artigos de Alexandre Meirelles.