Anki para concursos - como fazer revisões perfeitas

Anki para concursos: como fazer revisões perfeitas

Um grande desafio na preparação para concursos é memorizar fórmulas e uma avalanche de informações necessárias à aprovação. Para isso, são propostas inúmeras técnicas, como revisões intervaladas, estudo por questões e ferramentas como o Anki para concursos. 

Entretanto, vários concursandos têm dificuldades para gerenciar esse momento do estudo e as revisões ficam, muitas vezes, acumuladas ou simplesmente não são feitas.

Neste post, vamos apresentar o Anki para concursos, um programa que pode mudar radicalmente seu processo de como revisar uma matéria e acelerar a sua preparação.

O que é o Anki para concursos?

O Anki para concursos é um software gratuito disponível em diversas plataformas, que consiste no estudo por meio de flashcards inteligentes.

O programa baseia-se em duas ideias centrais: 

  1. Flashcards;
  2. Sistema de repetição espaçada (do inglês, spaced repetition system).

Um flashcard não é nada mais que uma pergunta e sua resposta. O estudante lê o questionamento, responde mentalmente (ou verbalmente) e confere a resposta. 

Embora seja simples, esse processo induz o estudante a realizar um estudo ativo ao obrigá-lo a buscar a informação apenas na sua cabeça.

Se você quer saber mais sobre outras tecnologias que vão revolucionar o seu estudo, conheça o aplicativo Estudaqui. Saiba mais sobre ele no final desse artigo.

Por sua vez, o SRS (Sistema de Repetição Espaçada) se relaciona a um famoso estudo do cientista alemão Hermann Ebbinghaus, que deu origem ao conceito da curva do esquecimento.

Anki para concursos - como fazer revisões perfeitas 1

Traduzindo o que nos mostra o gráfico: se não revisamos regularmente o conteúdo aprendido, em pouco tempo teremos esquecido quase tudo o que aprendemos.

A partir desse conceito, surgiram inúmeras metodologias de revisões espaçadas

Normalmente, é sugerido que se façam revisões de 24h, 7 dias e 30 dias após o dia do contato inicial com a matéria, para que o conteúdo não seja esquecido. 

Contudo, é muito comum ver estudantes perdidos em meio às revisões que vão se acumulando e que acabam por se tornarem inviáveis.

Com o Anki para concursos, isso não ocorre. O programa irá agendar os cards de forma que sejam revisados mais os cartões em que o usuário demonstrou dificuldades e menos aqueles que foram devidamente memorizados.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Como criar flashcards no Anki: passo a passo

Após o Anki para concursos ser devidamente instalado no seu computador, o usuário deve começar a produzir os cartões que serão estudados. Para isso, ele deverá utilizar a janela “Adicionar”:

Anki para concursos - como fazer revisões perfeitas 2

Em seguida, deve preencher os campos com a pergunta e a resposta:

Anki para concursos - como fazer revisões perfeitas 3

Depois de feitos os cartões, eles estarão prontos para serem estudados. O processo de revisão com o Anki para concursos funciona da seguinte forma:

De início, apenas o campo “Frente” aparece. Após responder mentalmente à questão proposta, deve-se apertar no botão inferior “Mostrar Resposta”. A tela mostrará, então, o seguinte:

Anki para concursos - como fazer revisões perfeitas 4

Observem as opções que surgiram na barra inferior. Nesse momento, o usuário deve realizar um julgamento pessoal sobre o quão fácil foi responder à questão proposta. 

Vejam que, dependendo da resposta, o card vai reaparecer para estudo em um prazo maior ou menor. 

Esse processo torna a revisão automática e totalmente otimizada, de acordo com a evolução do estudante.

Boas práticas de uso do Anki para concursos

Separamos alguns tópicos que, de acordo com a experiência de quem utilizou o Anki para concursos (e foi aprovado), são fundamentais para o uso correto do software.

1. Criação de cards no Anki

O Anki para concursos é uma ferramenta extremamente flexível. Dizemos isso porque, como é o próprio usuário que cria os cartões, ele pode escrever qualquer coisa nos campos que o programa simplesmente aceitará e mostrará o card para revisão. 

Portanto, é necessário ter muito cuidado no momento da criação do flashcard. Um card mal feito irá prejudicar a retenção da informação e tornará o uso do programa extremamente maçante.

2. Revise pelo Anki todos os dias

Incorpore o estudo pelo programa à sua rotina. O estudo diário por meio da ferramenta é fundamental para a sua eficácia. Assim, o Anki para concursos consegue “ler” melhor em que partes o usuário possui mais dificuldades. 

Isso o ajudará a revisar o conteúdo de maior dificuldade pessoal com mais frequência. Além disso, o nosso cérebro é muito mais eficiente para a retenção de informação em médio/longo prazo quando o estudo é realizado de forma constante.

3. Crie seus próprios cards

São incontáveis os pedidos de alunos que, ao descobrirem o Anki para concursos, procuram cards com quem o utiliza. Isso é natural, uma vez que o processo de criação é demorado e relativamente trabalhoso. 

Contudo, o baralho tem “a cara” de seu autor. Cada um tem as suas dificuldades nas matérias, aquelas partes que ele não consegue memorizar de jeito nenhum. 

O criador dos cards naturalmente fará cards focados nesses pontos, que podem não ser as fraquezas de quem pegar o “deck” pronto. 

Além disso, muitas vezes o simples processo de criação de cards é um momento valioso de ter aquele “estalo” na compreensão do conteúdo.

4. Estude a ferramenta antes de usá-la

Não podemos deixar de reiterar: se for mal utilizado, o Anki para concursos pode, sim, atrapalhar os seus estudos. 

Cards malfeitos não provocam o efeito desejado de realizar um estudo ativo. Além disso, eles tornarão o processo de revisão extremamente desgastante e chato.

Entretanto, se bem usado, não tenha dúvidas de que o programa vai compensar cada minuto dedicado a ele.

Anki para concursos: como usar corretamente

Como mencionei algumas vezes no artigo, o uso errado do Anki para concursos pode acabar atrapalhando os seus estudos. O uso correto vai transformar seus estudos da água pro vinho.

Com isso em mente, fica evidente que é importantíssimo que você aprenda como maximizar o uso do Anki no estudo para concursos públicos, em vez de usá-lo de uma maneira errada que possa prejudicá-lo.

Há diversos ótimos vídeos gratuitos por aí no youtube, por isso não vamos indicar nenhum em específico. Busque um vídeo de sua preferência :)

Quer saber qual o aplicativo perfeito para usar juntamente com o Aki? Sem dúvida alguma é o Estudaqui.

Você só precisa fazer um cadastro, escolher o concurso que deseja e definir suas facilidades em cada disciplina. Em poucos segundos o app monta seu ciclo, sem que você tenha qualquer trabalho. E isso não é tudo!

Além de montar seu ciclo, o app também te permite:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • verificar relatórios de conclusão de blocos e avanços de conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • receber dicas para melhoria de desempenho.

Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui. Você pode economizar muito tempo e otimizar seus horários de estudo.

Um abraço, Tiago Ribeiro Neves.

Ver todos os artigos de Tiago Ribeiro Neves