Técnica de chute para provas - estudo

Técnica de chute para concursos: uma carta na manga na hora da prova

Conhecer uma técnica de chute para concursos é algo que pode ser útil na hora da prova. A verdade é que pequenos macetes relacionados ao concurso que está prestando, desde maneiras de se acalmar até o que fazer quando você não faz ideia da resposta, ajudam a se sentir mais seguro e, quem sabe, ganhar alguns pontos extras no resultado final.

No texto de hoje, vamos apresentar algumas das técnicas de chute mais famosas entre os concurseiros, deixando claro quando e como você pode utilizá-las.

Depois, vamos relembrar  os principais cuidados para o dia da prova e dicas para fazer boa prova de concurso, para que você não precise sair chutando todas as respostas. Venha conferir!

Quando usar a técnica de chute para concursos?

Toda prova traz consigo uma carga de tensão e sabemos que muitos temas não nos dão plena segurança mesmo tendo estudado muito. Quando não sabemos como responder a questões de concurso públicos e não queremos deixar a prova em branco, procuramos por maneiras coerentes de dar a resposta. Mesmo assim, usar técnicas de chute para concursos públicos pode deixar muitas pessoas inseguras.

Quando essas técnicas podem ser usadas? Elas realmente funcionam? 

A resposta para a primeira pergunta é simples: só chute a resposta em questões de múltipla escolha e quando você não tiver ideia de qual é a alternativa certa.

Essa é a condição para usar qualquer tipo de técnica de chute. Não pense nela como uma forma de responder na prova, mas sim como uma última carta na manga para sacar quando você não tiver outra opção.

Se você tiver alguma vaga ideia ou um palpite sobre a resposta, vá pela sua intuição. Se estiver em dúvida entre duas alternativas, você pode usar o chute para decidir entre as duas – mas mesmo assim, essa não é uma escolha fácil, é possível criar pensamentos lógicos que te auxiliem na resposta.

Mas usar uma técnica de chute para concursos realmente funciona? 

A única resposta que podemos dar, com certeza, é que é melhor chutar e ter a chance de estar certo do que deixar a resposta em branco e não ter chance alguma.

Por isso, use o chute apenas quando a outra opção for deixar a questão em branco.

Não conte com ele para acertar todo o necessário para passar na prova, mas sim para, quem sabe, ganhar alguns pontos extras no final.

Agora, vamos apresentar algumas técnicas de chute que podem ajudá-lo nessas situações. Continue sua leitura!

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Técnicas de chute para concursos: conheça alguns macetes

Algumas das dicas para prova de concurso que listamos abaixo não são necessariamente técnicas, mas macetes e curiosidades gerais de como as provas costumam ser feitas, que podem ajudá-lo a dar um bom chute e, quem sabe, ganhar um ponto a mais no final.

Confira essas dicas e as use com cautela!

Analise a construção da resposta na questão

Muitas vezes, a resposta certa usa palavras do enunciado, como se estivesse repetindo o que está sendo dito. Isso é para parecer uma pegadinha e deixar os concurseiros com a pulga atrás da orelha. Por isso, quando não souber a resposta, escolher essa alternativa é uma técnica de chute para concurso, que pode dar certo.

Duvide de respostas categóricas

Em matérias da área de Humanas – e também em algumas Exatas e Biológicas –, é muito difícil que algo seja categórico e definitivo. Desconfie de alternativas com palavras como:

  • “sempre”;
  • “nunca”;
  • “jamais”;
  • “sem exceções” e outras do tipo, normalmente, estão incorretas.

Já alternativas que contêm palavras como “excetuando” ou “geralmente” têm uma tendência maior de estarem certas.

A alternativa A

Por ser a primeira resposta que os alunos vão ler, muitos preparadores de prova para concursos consideram fácil demais colocar a resposta certa na letra A. Leia com bastante atenção antes de marcar a alternativa A, pois ela pode conter alguma pegadinha.

Respostas absurdas

Uma boa técnica para eliminar algumas possíveis respostas é tirar do caminho aquelas alternativas que fogem da lógica ou do bom senso.

Quando se deparar com uma resposta absurda, risque-a e considere apenas as outras.

Técnica de chute 1 para provas - estudo

 

Atente-se às respostas muito longas

Essa é uma técnica de chute para concurso que funciona bem com questões de Direito ou Legislação. Nessas áreas, costuma ser preciso explicar bem as alternativas corretas para não ter nenhum risco de a questão ser anulada posteriormente. Por isso, nessas matérias, quando você não souber a resposta, marcar aquela que for maior pode ser uma boa escolha.

Leia também: Quando mudar de área de estudo para concursos públicos?

Assuntos desconhecidos

Se você estudou para o concurso e, mesmo assim, sente que nunca ouviu falar do que está escrito em alguma das alternativas, é possível que ela seja algo inventado por quem preparou a prova. Na dúvida, coloque-a como incorreta.

Número de questões

É provável que, na hora de preparar a prova, os examinadores tenham distribuído bem o número de alternativas corretas para cada letra. Digamos que sejam 25 questões, cada uma com 5 alternativas – de A a E. Com isso em mente, podemos dizer que, entre as respostas certas, 5 são alternativa A, 5 são alternativa B, 5 são alternativa C etc.

Por isso, quando você não souber mais qual é a resposta certa, não conseguir seguir nenhuma das dicas anteriores, uma boa dica é contar quantas respostas de cada letra você marcou e chutar as questões que estiverem em branco nas letras menos marcadas. Estatisticamente, você tem uma chance de estar certo. Contudo, isso só vale quando você foi muito bem nas demais questões, então se você resolveu outras questões com pouca convicção, esta técnica não ajudará muito.

Cada técnica de chute para concursos pode ser aplicada em um caso específico. Você deve ter cuidado para compreender qual é a melhor técnica para o caso da prova que está fazendo.

Qual é a melhor maneira de acertar as questões em um concurso público?

Se você chegou até a este texto procurando uma forma infalível de responder a todas as questões da prova, esta é sua resposta: estude!

Mesmo sabendo todas essas técnicas de chute para concurso, elas continuam sendo apenas um apoio para momentos de incerteza.

A única maneira de ter certeza das suas respostas é, de fato, criando um plano de estudos para concurso, que faça com que você aprenda as matérias.

A técnica de chute para concursos é apenas um conhecimento a mais, assim como aquele que você vai adquirir lendo e respondendo a questões de provas anteriores, o que vai fazer você ganhar experiência de prova.

Eles são um bom apoio para quem quer fazer um concurso, mas não garantem nenhuma resposta certa.

O que pode garantir sua aprovação, no entanto, é:

  • Leia o edital do concurso com cuidado para saber de todos os requisitos necessários, regras da prova e assuntos que vão cair. Você pode começar a estudar sem edital publicado, mas deve recorrer a ele quando for disponibilizado;
  • Organize sua rotina de estudos para que estudar se torne um hábito, algo que você faz com frequência e naturalidade;
  • Faça o possível para que os estudos sejam mais divertidos, estimulantes e prazerosos, seja tirando suas dúvidas em grupo uma vez por semana ou comprando materiais diferentes. Duas sugestões aqui: conheça o ciclo de estudos para concursos e utilize um aplicativo de estudo;
  • Tente utilizar materiais diversos para aprender, e não apenas livros e apostilas;
  • Esteja sempre a par de assuntos atuais que possam cair na prova;
  • Resolva questões de concursos antigos para praticar e entender que tipo de pergunta será feita na prova;
  • Compreenda as particularidades de matérias como Matemática, Legislação e Informática;
  • Coloque os estudos como sua prioridade e não deixe outros assuntos interferirem no seu sucesso;
  • Evite distrações que possam tirar seu foco e atenção enquanto você estuda;
  • Sempre mantenha seu objetivo em mente, relembrando sobre porque você estuda para concurso e foque em suas metas.

É verdade que as dificuldades do caminho da aprovação são enormes. Mas elas podem ser muito facilitadas quando você tem as ferramentas corretas ao seu alcance.

Saiba que você não precisa, e nem deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Thiago Magalhães.

Ver todos os artigos de Thiago Magalhães