Resumos para concursos - vale a pena estudar por meio deste método

Resumos para concursos: vale a pena estudar por meio deste método?

Em toda a minha trajetória enquanto mentor de concursos, um dos assuntos e dúvidas mais recorrentes entre os concurseiros são os benditos resumos para concursos e se eles devem fazê-los.

De fato, como já pontuei no meu livro “Como estudar para concursos”, ler resumos é fácil e, muitas vezes, também prazeroso, pois você estuda por um conteúdo que tem “a sua cara”.

Além disso, eles são ideais para serem lidos no consultório médico, no trânsito, na hora do almoço no trabalho, etc.

Afinal, nesses momentos é muito difícil manter a concentração em algo novo, logo, ler resumos ajuda a fixar o que foi estudado.

No entanto, para que o aproveitamento deles seja o melhor possível, é necessário que saibamos elaborá-los da forma correta e para concursos em que eles serão realmente úteis.

Sendo assim, continue a leitura e confira todos os meus conselhos sobre resumos para concursos e a sua elaboração!

Faço apenas uma breve pausa no artigo para deixar claro que eu, Alexandre Meirelles, não tenho qualquer relação com a Estudaqui e que não ganho nada ao escrever esses artigos e nem ao indicar o aplicativo Estudaqui. Indico o aplicativo e apoio o site porque gosto e porque eles são realmente os melhores do mercado no que fazem, são de longe a melhor opção!

Muitas disciplinas para estudar? Cuidado com os resumos!

Primeiramente, é preciso tomar cuidado antes de sair fazendo resumos para concursos de tudo quanto é matéria que você estuda.

Eu diria para você reduzir ou limitar o número de resumos quando você tem muitas matérias para estudar e várias delas são extensas.

Esse é um conselho válido para quem soma 10 ou mais disciplinas para estudar até o certame.

Dessa forma, se você for fazer resumos de absolutamente todas, de todos assuntos, você não dará conta de estudar todo o conteúdo.

E como vou revisar depois?

Assim sendo, para que a sua revisão seja facilitada depois de estudar, vá fazendo marcações e anotações com post-its no seu material.

Com toda certeza isso irá ajudá-lo a identificar os assuntos principais para revisar depois, a fim de que nenhum conteúdo extremamente importante se perca no material.

Então nunca devo fazer resumos para concursos?

Não é isso que quero dizer. Só estou reforçando que você não deve resumir todas as disciplinas do seu concurso.

Dessa forma, prefira fazer resumos daquelas disciplinas que você têm mais dificuldade, além de fórmulas matemáticas e algumas decorebas.

Assim sendo, o meu principal alerta é para o fato de que você deve sempre avaliar o custo-benefício de fazer resumos para concursos.

Portanto, antes de sair resumindo tudo, verifique se o tempo que você dispensará fazendo resumos não irá minar o tempo que você precisa para dar conta de todas as disciplinas.

Para certames com menos disciplinas, o resumo é livre

Se você precisa estudar menos disciplinas até o seu certame, aí sim os resumos para concursos são aliados importantes para o seu aprendizado.

Até porque, começando a estudar com antecedência, haverá tempo de sobra de estudar tudo, resumir e revisar constantemente com os resumos que você construiu.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui, e também continue lendo :).

E como fazer um resumo de qualidade?

Se você quer fazer bons resumos para concursos, posso dar algumas dicas para produzir um que seja proveitoso para os seus estudos.

Esses são alguns pontos que apresentei, de forma mais completa, na segunda unidade do meu livro “Como estudar para Concursos”:

1) Use a metade de uma folha A4

Não utilize fichas pautadas, pois as linhas atrapalham a nossa escrita. Assim sendo, pegue folhas A4 usadas em impressoras e corte-as ao meio.

Caso ache a metade de uma folha A4 pouco espaço, faça em uma folha inteira. Eu só não gosto muito de indicar uma folha inteira porque assim você tende a escrever muito mais e deixa de ser um resumo!

2) Escreva à mão

Os seus resumos para concursos deverão ser escritos com sua letra, à mão, e não no computador.

Seu cérebro memorizará melhor se o resumo dor mais familiar a você e o uso do computador, além de tomar muito tempo, torna-o mais impessoal.

3) Utilize a maior variedade de cores possível

Fazer seus resumos com uma cor só você cria um monotom que remete a o quê? Isso mesmo, monotonia. E o cérebro de ninguém curte isso.

Utilize várias canetas hidrocor ou de gel para dar vida aos seus resumos. Além disso, não padronize. Crie variações.

Isso quer dizer que em um resumo você deve combinar marrom com azul, outro preto com verde, outro laranja e roxo, etc.

4) Reserve a caneta vermelha para negações e exceções

Acho que o título é autoexplicativo, né?

A cor vermelha é a que lembra uma negação para o seu cérebro e não é à toa que sinais de trânsito de pare são feitos nessa cor.

5) Escreva poucas informações e use abreviaturas

Deixe o máximo possível de espaços em branco. No entanto, se o assunto for grande, divida-o em mais de um resumo.

Para poupar espaço e memorizar melhor, utilize o máximo possível de abreviaturas, siglas, símbolos e desenhos. Exemplos:

  • CF – Constituição Federal;
  • FG – Fato Gerador;
  • % – Alíquota;

6) Não perca tempo embelezando seus resumos

Elabore seus resumos rapidamente e não tome muito tempo de estudo caprichando-os.

Por outro lado, se algum deles estiver muito bagunçado, passe-o a limpo fora do seu horário de estudo, como enquanto assiste um programa na TV.

7) Só escreva de um lado

Quando você faz um resumo colorido, o verso fica todo borrado. Além disso, deixar o verso em branco também é importante porque, às vezes, é interessante escrever algumas informações nele.

Busque ajuda para fazer resumos para concursos

Em resumo, se você tem dificuldade em fazer resumos para concursos funcionais, procure ajuda!

E se você tem ou não dificuldade, também procure ajuda em outras áreas, rs. Achar que vai fazer tudo sozinho é um dos maiores erros de um estudante. Sua concorrência pode estar cortando atalhos importantes e passando na sua frente.

Nos dias de hoje não é mais necessário perder suas preciosas horas de estudo tentando aprender como fazer tudo sozinho, os tempos mudaram, e agora a tecnologia deve ser, sem dúvida alguma, a sua maior aliada. Por isso já faz algum tempo que eu vinha indicando o aplicativo Estudaqui para todos os meus alunos de mentoria.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Alexandre Meirelles.

Ver todos os artigos de Alexandre Meirelles.