Saiba quais pontos considerar para decidir qual concurso escolher

Saiba quais pontos considerar para decidir qual concurso escolher

Ser aprovado em um concurso público ainda é um objetivo muito almejado em nosso país. Afinal, ter uma carreira estável e segura é sempre bom em uma economia com tantos altos e baixos, assim como ter um bom salário. O dilema é: qual concurso escolher?

Existem diversas áreas diferentes, assim como diversos cargos, todos com suas especialidades e especificações. Como se decidir em meio a tantas opções? Como saber o que é melhor para você?

Pensando nessas dúvidas, selecionamos algumas dicas que vão ajudá-lo a decidir qual concurso escolher para se dedicar e estudar para a prova. Confira abaixo!

Qual concurso escolher? Considere esses fatores

Decidir qual concurso você vai prestar é essencial. Algumas pessoas pensam que basta estudar as matérias principais de uma área ou se dedicar a diversos assuntos e, assim, você estará preparado para qualquer concurso.

Porém, isso não condiz com a realidade: sabendo exatamente qual concurso você vai prestar, você pode focar seus estudos ainda mais na prova, não perdendo tempo com nada que for desnecessário, otimizando seu aprendizado e aumentando as chances de passar.

Abaixo, estão alguns fatores que você deve levar em consideração para decidir qual concurso escolher.

Pense na carreira

Saiba quais pontos considerar para decidir qual concurso escolher 1

Muitas vezes, quem presta concursos públicos foca tanto na prova, no futuro salário e na estabilidade que se esquece da carreira a que está concorrendo. A carreira pública e a privada podem ser bem diferentes, e ambas têm seus altos e baixos. Procure entender quais são essas diferenças para fazer sua escolha.

Depois, saiba em que esfera você prefere atuar: no município, no estado ou na União. Os concursos federais são, de fato, mais concorridos, pois geralmente oferecem melhores salários e benefícios. Porém, talvez você tenha que mudar de cidade ou estado para seguir a carreira.

Por último, leve a área de atuação em consideração. Você pode fazer um concurso na área policial, bancária, administrativa, fiscal etc. Todas trazem excelentes oportunidades para pessoas de diferentes níveis de escolaridade.

Fazer uma pesquisa para entender mais sobre cada uma, e até mesmo conversar com profissionais da área, pode ajudá-lo a tomar uma decisão clara de qual concurso escolher para prestar.

Não fique esperando o edital

Mesmo que usar o edital para guiar seus estudos seja uma boa ideia, não é necessário esperar por ele para começar a estudar. Na verdade, depois que você sabe qual concurso escolher, quanto mais cedo começar os estudos, melhor.

Você pode se basear em editais passados, analisando o que eles tiveram em comum, quais matérias foram mais recorrentes e o que, provavelmente, vai voltar a aparecer. Depois que o edital de fato sair, é hora de fazer as modificações necessárias.

Quem quer passar em um concurso público precisa saber que nada acontece da noite para o dia. Não tenha pressa: o edital pode demorar para sair ou você não passar de primeira, muitas coisas podem acontecer nessa jornada. O importante é se manter sempre determinado para alcançar seus objetivos!

Lembre-se dos pré-requisitos

Saber qual concurso escolher para prestar não depende apenas de você: depende também das regras e exigências do concurso. Não adianta de nada querer se inscrever em um concurso que deixa claro, em seu edital, que só pessoas com ensino superior vão poder assumir o cargo, se você não tem nem menos previsão de quando vai ter o diploma.

Verifique sempre em quais cargos você se encaixa, de acordo com sua escolaridade, para não perder tempo com esses concursos. Se você tem o sonho de passar em um concurso específico, mas ainda não tem a escolaridade necessária, planeje-se para ter seu diploma a tempo de assumir o cargo.

Decidir qual concurso escolher não é, de maneira nenhuma, algo que pode ser feito da noite para o dia. Selecione as áreas que tenham mais a ver com você, converse com profissionais, leia editais passados e, assim, tome uma decisão mais consciente.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Conheça as principais áreas

Se você ainda está decidindo qual área é a melhor para decidir qual concurso prestar, é bom saber pelo menos o básico de cada uma para, então, descobrir com quais você se identifica mais e fazer uma pesquisa mais detalhada.

Saiba quais pontos considerar para decidir qual concurso escolher 2

Veja abaixo quais são as principais áreas de estudo para concurso público:

Bancária

São os cargos para o Banco do Brasil e para a Caixa Econômica Federal. Você pode trabalhar com atendimento ao público, comercialização de produtos e serviços, uso de sistemas informatizados, redação de correspondências e outras tarefas de administração.

Normalmente, só é exigido o diploma de Ensino Médio, e os cargos oferecem uma boa estabilidade financeira.

Fiscal

A área fiscal é uma das que oferecem os melhores salários. Porém, ela também exige muito estudo – um ano não costuma ser o suficiente. Você precisa ter bons conhecimentos de direitos, de contabilidade e de raciocínio lógico.

Existem oportunidades em nível de estado, município e União, quase sempre aceitando qualquer nível superior.

Policial

Os órgãos policiais do Brasil também oferecem oportunidades de carreira dinâmicas e variadas. Os cargos vão de agente e escrivão a delegado e perito, e as exigências são proporcionais ao cargo – assim como o salário.

Normalmente, os candidatos precisam passar por um teste de aptidão física e, depois de aprovados, passam também por um curso preparatório.

Controle

Nessa área se encaixam concursos como os do Tribunal de Contas da União, da Controladoria Geral da União e da Secretaria do Tesouro Nacional. Os cargos envolvem controle externo, auditoria governamental e administração.

Esses concursos são conhecidos por serem muito exigentes e, em sua maioria, serem voltados para pessoas de nível superior.

Gestão

Os concursos da área de gestão envolvem as agências reguladoras brasileiras, como a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ainda que os pré-requisitos possam variar, costumam ter cargos de nível médio e superior, sendo exigido ou não uma formação específica.

Jurídicos

Os cargos da área jurídica são, em sua maioria, voltados para quem é graduado em Direito. Eles variam entre delegado, defensor público, procurador e até juiz. Por exigirem um alto grau de especialização, esses concursos costumam ser difíceis, mesmo aqueles que não são tão concorridos.

E se eu não tiver os pré-requisitos?

Como já dissemos, você pode querer concorrer a um concurso específico e, então, descobrir que não poderá assumir o cargo porque não atinge o pré-requisito de escolaridade. Nesse caso, você tem duas saídas:

1) Procure atingir a escolaridade desejada antes do concurso. É claro que isso será difícil – afinal, você vai ter que estudar o dobro, especialmente se estiver no final da faculdade. Você também pode terminar sua graduação para, depois, começar a se preparar para o concurso. Caso queira algo mais rápido, um tecnólogo conta como graduação para vários cargos.

2) Procure outro cargo. Você não precisa se contentar para sempre com um cargo diferente daquele que tem em mente, mas passar em um concurso público e ter uma carreira sólida e estável é uma boa maneira de pagar sua faculdade sem problemas e, no futuro, tentar outro concurso para um cargo de nível superior.

Saber qual concurso escolher é um dilema gigante para os concurseiros, mas fica muito mais simples quando fazemos uma análise detalhada das áreas disponíveis e de nossos objetivos.

É verdade que as dificuldades do caminho da aprovação são enormes. Mas elas podem ser muito facilitadas quando você tem as ferramentas corretas ao seu alcance.

Saiba que você não precisa, e nem deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Thiago Magalhães.

Ver todos os artigos de Thiago Magalhães