Por que estudar para concursos públicos - Entenda sua motivação

Por que eu estudo para concursos públicos? Entenda sua motivação!

A motivação é um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos. Ter uma motivação e manter-se constantemente motivado é indispensável para quem é concurseiro. Você entende suas razões para estudar? Já se perguntou “por que eu estudo para concursos?”.

Eu já te disse, em outro artigo aqui do blog, que estudar para concursos é mesmo uma decisão agridoce.

Por mais que você tenha consciência dos benefícios que uma carreira pública pode lhe proporcionar, parece “coisa de louco” a rotina de estudos.

E, nesse meio tempo, você se abstém de vários momentos de diversão com os amigos, pode viver momentos de estresse familiar e até angústias.

Por isso, questionar-se “por que eu estudo para concursos?”, é o caminho mais rápido de manter sua motivação viva e, assim, superar os momentos de conflito e de dificuldades.

Pensando nisso, resolvi escrever este artigo como um amigo, com quem você desabafa em uma mesa de bar, para dar alguns conselhos sobre a sua vida de concurseiro. Continue a leitura!

Faço apenas uma breve pausa no artigo para deixar claro que eu, Alexandre Meirelles, não tenho qualquer relação com a Estudaqui e que não ganho nada ao escrever esses artigos e nem ao indicar o aplicativo Estudaqui. Indico o aplicativo e apoio o site porque gosto e porque eles são realmente os melhores do mercado no que fazem, são de longe a melhor opção!

Mais do que boa remuneração, os concursos te oferecem tranquilidade e respeito

“Por que eu estudo para concursos públicos? É óbvio, Alex! Pelo salário!” – essa, com certeza, seria a resposta de muitos de vocês para a pergunta do título.

Entretanto, antes mesmo da remuneração, sua motivação para estudar para concursos pode ser pautada em motivos mais nobres.

Primeiramente, você estuda para concursos pela estabilidade que a carreira pública poderá lhe proporcionar.

Você estuda pela paz de saber que está em um emprego no qual seus direitos são garantidos.

Seus direitos e benefícios são respeitados independentemente da sua cor, gênero, orientação sexual, religião e cultura.

Além disso, você sabe que poderá muito bem botar a sua cabeça no travesseiro e dormir tranquilo, sem o medo constante de ser demitido.

A remuneração é convertida em ampla qualidade de vida

No entanto, não sou hipócrita em afirmar que o dinheiro não importa. É claro que tem sua importância, principalmente pelo que ele poderá te proporcionar.

Se você é papai ou mamãe, sabe muito bem que uma boa remuneração é a oportunidade de oferecer uma vida melhor para os seus filhos, pois assim é possível custear boas escolas e planos de saúde, férias mais divertidas, entre outros benefícios.

Também é possível dar suporte financeiro aos seus pais, recompensando todo o apoio e amor que eles lhe deram a vida toda.

Seus sonhos pessoais também ganham espaço: a tão sonhada viagem, a compra da casa própria, do carro zero etc.

Assim sendo, a sua motivação nem sempre é a remuneração – mas sim o que ela pode proporcionar a você e àqueles que você ama.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui, e também continue lendo :).

Se você não souber porque estuda, irá desistir logo nos primeiros obstáculos

Dessa forma, é possível afirmar que você não estuda pelo dinheiro, mas sim por uma vida mais prazerosa.

Assim sendo, meu amigo, o conselho que dou é entender suas reais motivações, o que você pode alcançar trabalhando no serviço público, esquecendo um poucos os números propriamente ditos na conta bancária.

Afinal, se seus principais motivos para estudar para concursos não estiverem bem claros em sua mente, a chance é que, aos poucos, sua motivação despenque e você desista na primeira adversidade.

Logo, se você pensa que está estudando para ganhar 5, 10, 20 mil reais por mês, você pode ser facilmente convencido por outras oportunidades que surgirem no seu caminho. E, assim, o concurso público, com todos os seus benefícios, se torna passado.

Ainda não sei por que eu estudo para concursos. O que fazer?

A melhor maneira de entender suas reais motivações para estudar para concursos é conhecer seus calos, ou seja, tudo aquilo que dói em você. Quer alguns exemplos?

  • Você já foi demitido antes – e o pior, injustamente?
  • Você tentou abrir uma empresa e quebrou por algum motivo?
  • Está saindo da faculdade e não tem boas perspectivas na iniciativa privada?

São muitas as dores das pessoas que têm potencial para se tornarem concursadas. Você precisa entender suas dores e seus motivos para que, aí sim, se torne um concurseiro empenhado.

É claro que o cenário de concursos públicos não anda dos mais positivos, recheado de vagas. Já falamos muito sobre isso em outros artigos, como do Decreto 9.739/19, que trata com mais rigor a realização de concursos públicos federais.

Entretanto, os tempos são difíceis para todos. Quem está desempregado, está com tremenda dificuldade de conseguir recolocação no mercado. Quem tem emprego, teme em perdê-lo. Quem empreende, sofre com a recessão da economia.

Dessa forma, desistir de estudar para concursos para se aventurar em outra oportunidade pode ser roubada. Melhor enfrentar essa jornada que, pelo menos, irá te oferecer mais segurança em um futuro próximo.

Você só precisa de uma vitória

Ao contrário de outros âmbitos, em que a cobrança por vitórias é constante, nos concursos você precisa, em um primeiro momento, de uma única vitória: a aprovação.

Você poderá bater na trave várias vezes e deixar de ser aprovado por muito pouco. Mas basta mais um pouco de persistência para ser aprovado que, pelo resto de sua vida, todos sentirão orgulho de você.

Seu foco deve ser alcançar uma aprovação, ver seu nome publicado no Diário Oficial e, consequentemente, oferecer uma vida muito mais tranquila para você mesmo e sua família.

Precisamos de pessoas com propósitos bem definidos

Mais do que a motivação pessoal para estudar para concursos, você pode se inspirar em fatores externos para cumprir essa missão.

Atualmente, vemos o serviço público desvalorizado e, em muitos órgãos, sucateado. Dessa forma, pessoas que realmente desejam trabalhar para melhorar o país são necessárias.

Assim, pessoas comprometidas e capazes de mudar o Brasil é uma grande demanda do serviço público.

Escolha a área com a qual você mais se identifica e estude pesado! Além de todos os benefícios, você terá a missão de conceber, por meio do seu trabalho, um país muito mais digno do que no qual vivemos hoje.

Precisando de uma dose extra de motivação?

Você fez a sua escolha e está disposto a passar em um concurso público. Parabéns, eu admiro sua garra e determinação, afinal, eu já passei por isso.

Eu também já abdiquei de anos da minha vida para passar e sei como é difícil.

Sei também que, mesmo com seus objetivos claros, há momentos de desânimo, dias em que a carga parece pesada demais para os nossos ombros.

Se você tem problemas com motivação nos estudos, saiba que você não precisa fazer tudo sozinho. A melhor saída é ter algo que te forneça um norte de como estudar, e pra isso um aplicativo de estudo como o Estudaqui é o parceiro ideal. Falarei mais sobre ele no final do artigo, continuemos.

Estampe as suas motivações para você ver

Por fim, saiba que para ser um vencedor no mundo dos concursos, você deve sempre saber por que está estudando.

Assim sendo, faça das suas motivações seu mantra. Deixe-as estampadas, até mesmo fisicamente, no seu local de estudo.

É importante visualizar, continuamente, seus objetivos, para que a energia continue lá em cima. Crie mapas, com figuras que representem suas metas. Faça uma lista de sonhos. Entenda, sempre, o que poderá te fazer feliz.

E agora sim, para finalizar, deixo aqui uma última dica importante: saiba que você não precisa, e não deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Alexandre Meirelles.

Ver todos os artigos de Alexandre Meirelles.