Período pré-edital

Período pré-edital: como ter a melhor preparação nesta fase?

Todo concurseiro sabe que, para ser aprovado, principalmente nos concursos mais concorridos, a preparação deve começar bem antes do edital. Mas você sabe como se organizar no período pré-edital?

Estudar com antecedência permite que você dê conta de todo o conteúdo exigido e saiba a maioria das respostas.

Ao mesmo tempo, te dá tranquilidade para entender quais são seus “calos” e trabalhar toda as suas dificuldades para que elas não venham te atrapalhar durante a prova.

Em suma, o período pré-edital deve ser de muito estudo e otimização constante, para que você não perca tempo, dinheiro e agarre seu cargo na primeira oportunidade.

Faço apenas uma breve pausa no artigo para deixar claro que eu, Alexandre Meirelles, não tenho qualquer relação com a Estudaqui e que não ganho nada ao escrever esses artigos e nem ao indicar o aplicativo Estudaqui. Indico o aplicativo e apoio o site porque gosto e porque eles são realmente os melhores do mercado no que fazem, são de longe a melhor opção!

Para quem está começando a estudar para concursos públicos e ainda tem dúvidas de como estudar no período pré-edital, preparei este artigo com algumas orientações. Continue a leitura!

Antes de tudo, defina a sua área de estudos

Como já falei diversas vezes nos meus artigos, ter uma área bem definida, ou seja, um foco para a sua preparação é muito importante. 

Afinal de contas, se você estudar para a área Fiscal, Policial e Bancária ao mesmo tempo, dificilmente ficará craque em algum conhecimento e não alcançará aprovação nenhuma.

Escolher uma área permite que você já avance na preparação pré-edital pelas disciplinas básicas de diferentes certames dessa área.

Na área Fiscal, por exemplo, temos as disciplinas de Contabilidade, Raciocínio Lógico, Estatística e Matemática Básica.

Se você escolhe uma área de antemão, fica muito mais fácil direcionar a sua estratégia de estudos e aproveitar melhor o seu tempo de preparo.

Para saber quais são as áreas de concursos disponíveis e como escolher uma delas, confira o artigo que escrevi em parceria com o mentor Fernando Mesquita sobre esse assunto.

Analise o último edital do cargo almejado

Além de definir qual é a área de concurso desejada e conhecer as disciplinas básicas, você deve ter em mente o cargo principal que você deseja.

Assim sendo, escolhido o cargo, procure pelo último edital de concurso público que foi veiculado para esse cargo.

A partir do último edital, você consegue definir pontos essenciais para a sua preparação no período pré-edital, como:

  • qual foi a banca que fez a prova;
  • quais são as disciplinas básicas;
  • quais são as disciplinas específicas;
  • estrutura da prova (para replicar em simulados);

Por exemplo, se você que a sua banca é o Cespe, poderá pesquisar especificamente o estilo de prova dessa banca.

Por exemplo, já escrevi artigos com o professor Marcondes Jr. só com dicas para provas de português do Cespe e FCC.

É a partir das disciplinas identificadas no último edital que você deve estudar. 

Pode ser, sim, que uma ou outra seja acrescentada depois do edital. No entanto até lá você estará craque em todas as outras e poderá usar a margem entre edital e a prova para aprender essas “surpresinhas”.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui, e também continue lendo :).

Faça um ciclo de estudos para o período pré-edital

Uma metodologia que defini para o estudo pré-edital, que ajudou muitos concurseiros, é o ciclo de estudos.

Você pode aprender como montar um ciclo de estudos completo lendo a parte teórica e a parte prática do artigo que montei sobre o tema aqui no blog.

O ciclo de estudo consiste em um esquema de dedicação de horas diárias às disciplinas do edital. Ele é vantajoso porque:

  • Você verá várias disciplinas por dia;
  • Será obrigado a estudar as disciplinas que não gosta ou as que sabe menos;
  • Reduz bastante o esquecimento, porque o mantém em contato com várias disciplinas de seu concurso de poucos em poucos dias;
  • O cérebro fica sempre “fresco” para receber novas formas de raciocínio.

Lembrando que você deve começar com 6 a 8 disciplinas no ciclo, priorizando as disciplinas mais cobradas da área.

Verifique o que está atualizado do último edital

O último edital do concurso desejado deve ser seu guia. No entanto, você deve ter a perspicácia de avaliar se algum conteúdo foi atualizado.

Vamos supor que o último edital exige uma lei específica publicada em 1999. Mas se você pesquisou e viu que ela foi revogada/substituída por uma nova, estude a atualização.

Resolva questões anteriores (e provas da mesma banca)

Estudar por meio de questões anteriores é um método muito eficiente, uma vez que, durante a resolução de exercícios você exercita mais o cérebro, amplificando a sua capacidade de memorização.

Principalmente quando se trata de questões de concursos da banca do seu certame, você vai pegando o “jeito” da prova e chega no grande dia muito mais treinado quanto aos enunciados e outras exigências da banca.

Além do mais, quando você resolve questões e provas anteriores, você percebe quais conteúdos são recorrentes e têm muita chance de serem cobrados novamente.

Além de baixar provas anteriores do seu concurso, você pode assinar sites especializados em disponibilização de questões para concursos. Alguns exemplos são:

Tenha seu coaching tecnológico pessoal diariamente

A preparação pré-edital envolve muitas dúvidas para quem está começando agora no universo dos concursos públicos.

Nessa etapa, buscar aperfeiçoar o seu estudo é essencial, e nos dias de hoje a tecnologia pode ser sem dúvida alguma a sua maior aliada.

Você não precisa, e nem deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Alexandre Meirelles.

Ver todos os artigos de Alexandre Meirelles.