Passei no concurso, e agora - O que fazer após a aprovação

Passei no concurso, e agora? O que fazer após a aprovação?

Quem faz concursos públicos sabe que são meses e meses de um plano de estudo dedicado e sem muitas pausas. Muitas leituras, muitos exercícios e muito esforço. Então você faz a prova, é aprovado e surge aquela dúvida: Passei no concurso, e agora?

No texto de hoje, vamos dar dicas para quem passou no concurso e tem um novo cargo a assumir, mas também para quem não passou e precisa retomar a rotina de estudos. Confira!

Passei no concurso, e agora?

Muitos concurseiros não têm certeza do que devem fazer depois de passar em um concurso público e ficam com essa sensação de “passei no concurso, e agora?”. 

Afinal, isso é comum quando fica tanto tempo focado em um objetivo. Mas o que você deve fazer para começar a trabalhar, de fato, no cargo que conquistou?

1. Espere

No edital do concurso nem sempre consta quando as pessoas aprovadas serão nomeadas aos seus cargos. 

Se esse for o caso, não se apresse. Tenha paciência, porque isso pode demorar algum tempo. Pense pelo lado bom: a prova já passou!

2. Consulte os sites

Mesmo que ainda não haja uma data, a convocação deve ser feita dentro de certo prazo.

Por isso, fique de olho nos sites oficiais de divulgação desse concurso, que podem ser o site da administradora da prova, o portal da instituição que abriu a vaga ou o Diário Oficial da União, Estado ou Município. 

Mantenha seu e-mail atualizado no site da instituição organizadora e fique sempre por dentro das notícias para não perder os prazos de convocação e de nomeação.

3. Providencie os documentos

Depois que a nomeação for publicada oficialmente, você tem 30 dias para tomar a posse, indo ao local indicado com os documentos listados no edital. 

Então já tenha a lista de documentos preparada e os providencie assim que for possível.

Se você estiver doente ou viajando no dia da posse, deixe uma procuração para que alguém de confiança faça isso por você.

Se possível, já tire as certidões negativas exigidas, pois hoje a maioria é gratuita e feita rapidamente pela internet. 

Mesmo que elas vençam antes da posse, é importante que você saiba se não há pendências com seu nome que você desconheça ou, o que é bem comum, problemas com pessoas com mesmo nome que o seu que podem gerar alguma dor de cabeça futura.

4. Comece a trabalhar

Após a posse, geralmente você tem duas semanas para começar a trabalhar. É hora de mostrar a que veio e fazer seu esforço valer a pena!

Como se adequar ao ambiente de trabalho

As dicas abaixo são para os (agora ex) concurseiros que vão assumir seus cargos e começar a trabalhar. 

Com elas, você não vai se sentir tão perdido no ambiente de trabalho e vai poder mostrar seu melhor. Veja!

Entenda o clima

Você, provavelmente, foi designado para um setor específico e vai ter que trabalhar com o mesmo grupo de pessoas por um bom tempo. 

O fato é que a maioria dessas pessoas já está ali há algum tempo. Por isso, é você quem vai ter que se adaptar a elas.

E o que isso significa? Entender qual é o clima entre o pessoal. 

  • As pessoas preferem ficar quietas e se ater a conversas profissionais? 
  • Todo mundo é uma grande família e gosta de compartilhar sua vida pessoal?
  •  As pessoas são mais sérias ou mais piadistas?

Descobrindo esses detalhes, você consegue se adaptar melhor ao ambiente e não passa por desajustado logo nos primeiros dias.

Faça perguntas

Passei no concurso, e agora - O que fazer após a aprovação 1

Você acaba de começar a trabalhar em um ambiente completamente novo. Não tenha vergonha de não saber as coisas

Pelo contrário, faça muitas perguntas, especialmente para quem está lá há mais tempo. Se houver alguém designado para ajudá-lo a se adaptar, melhor!

Não espere ir descobrindo aos poucos como funciona o trabalho, porque isso pode significar muita perda de tempo. Tire suas dúvidas e comece a trabalhar com tudo o mais rápido possível.

Tenha iniciativa

Não se contente em apenas fazer o que foi mandado. Mostre que você está disposto a ajudar e a aprender e que deseja fazer seu melhor pela equipe. 

Tenha iniciativa! Quem faz só o necessário para sobreviver acaba passando uma imagem ruim para os colegas.

Para crescer no ambiente de trabalho, você sempre deve estar disposto a aprender. Por isso, quem assume um cargo público quase sempre se pergunta se deve prosseguir com sua formação acadêmica. Essa é a próxima questão que vamos conversar.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Fazer ou não fazer faculdade?

Uma das dúvidas que vem com o questionamento “passei no concurso, e agora?” é se depois de assumir o cargo você deve fazer uma faculdade ou outro curso, caso já tenha um diploma. 

Aqui não estamos questionando, claro, quem deseja fazer o ensino superior por realização pessoal. Mas ter mais essa formação pode ajudá-lo em sua nova carreira?

Vantagens de fazer uma faculdade

Servidores públicos têm algumas vantagens ao fazer um ensino superior. Por exemplo, muitas faculdades particulares dão grandes descontos para quem é servidor público. 

Além disso, você pode ter direito a horários especiais, caso alguma programação da faculdade seja no mesmo horário do trabalho.

Desvantagens de fazer uma faculdade

No entanto, a grande desvantagem de fazer uma faculdade enquanto servidor público é o tempo. Seu trabalho pode ser muito estressante e ter que estudar depois de um dia cansativo pode comprometer seus resultados.

Além disso, nem sempre sua faculdade estará dentro do seu plano de carreira. Por isso, é importante levar isso em conta antes de decidir fazer uma faculdade depois de passar no concurso público.

Todas as dicas que demos até aqui são voltadas para quem passou no concurso. E o que acontece com quem não passou?

Não passei no concurso, e agora?

Não passar em um concurso público é difícil tanto para quem está prestando pela primeira vez quanto para quem já fez diversas provas. A sensação inicial é de ter jogado todas aquelas horas de estudo fora.

Se você está passando por esse momento de autocobrança e se perguntando “não passei no concurso, e agora?”, essas são algumas dicas que vão ajudá-lo:

Deixe o tempo passar

Sem dúvida, depois que você descobrir que não passou, vai se sentir triste, desanimado e sem rumo. 

Esses sentimentos passam com o tempo. Deixe esses sentimentos se acalmarem e dê o próximo passo.

Lembre-se de que existem outras provas

Esse concurso não foi o último da sua vida, e você pode fazer quantos quiser até passar. Só precisa desistir se não quiser mais fazer isso! Então, é hora de retomar sua motivação e começar a pensar no próximo concurso.

Descubra o que você errou

Analisar a prova para descobrir o que você errou não apenas é uma forma de fixar os conteúdos, mas também uma forma de começar a estudar de novo e seguir em frente sem cometer os mesmos erros.

Descubra o que pode fazer melhor

Saber o que você pode melhorar é essencial na hora de começar a se preparar para o próximo concurso

  • Você pode estudar mais? 
  • Pode conseguir materiais melhores
  • Pode se inscrever em um curso? 
  • Pode levar os estudos mais a sério? 

Depois de realizar seu sonho de passar em um concurso público, ainda é preciso ficar atento às regras do edital e saber como se comportar no seu novo trabalho. 

Afinal, o sonho continua e agora ele é ainda maior e mais importante para seu futuro!

Prepare-se para passar no concurso!

É verdade que as dificuldades do caminho da aprovação são enormes. Mas elas podem ser muito facilitadas quando você tem as ferramentas corretas ao seu alcance.

Saiba que você não precisa, e nem deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Thiago Magalhães.

Ver todos os artigos de Thiago Magalhães