Metas de estudo - como defini-las da melhor maneira

Metas de estudo para concurso: como defini-las da melhor maneira?

O ano de 2019 já começou e, para muitos concurseiros, é tempo de recomeçar e batalhar muito pela tão sonhada aprovação. Para não perder tempo, a melhor alternativa é definir metas de estudo para concurso.

Um estudo de qualidade é aquele que é disciplinado, repleto de bons materiais mas, sobretudo, eficiente e organizado.

Nesse sentido, as metas direcionam os estudos, de forma a facilitar o cumprimento dos editais e, é claro, garantir que o tempo seja muito bem aproveitado.

Em suma, as metas de estudo para concurso são pequenos passos que precisamos trilhar para alcançar o nosso objetivo.

Assim sendo, elas são muito importantes para orientar sobre o que é necessário fazer para conquistar o sucesso desejado.

Além disso, é importante ressaltar que, com metas menores, como diárias e semanais, é possível ter mais fôlego para seguir em frente. Assim, somando pequenos esforços, é possível cumprir sua meta maior.

Se você quer começar o ano com o pé direito e, daqui a alguns meses, ver seu nome publicado no Diário Oficial, continue a leitura. Vou te ajudar a definir metas de estudo para concurso!

Antes de definir as metas, estude em ciclos

Primeiramente, para definir metas de estudo para concurso, é fundamental que você estude por meio de ciclos.

Mas como fazer isso, Alex? Entre os artigos mais lidos aqui no Método de Estudo, está o Ciclo de Estudos para Concursos Públicosparte conceitual e parte prática. Dessa maneira, antes de tudo, recomendo a leitura desses artigos.

Vale ressaltar que, estudando por meio de ciclos, você terá os seguintes benefícios:

  • Você verá várias disciplinas por dia, evitando ficar dias e dias só olhando uma ou duas e esquecendo todas as outras;
  • Será obrigado a estudar as disciplinas que não gosta ou as que sabe menos, evitando o tradicional erro de só estudar o que gosta mais ou o que sabe mais. Garanto que 99% das chances de você ser eliminado em uma prova será em disciplinas que não gosta, e não nas que gosta;
  • Reduz bastante o esquecimento, porque o mantém em contato com várias disciplinas de seu concurso de poucos em poucos dias;
  • Aumenta sua motivação ao ver que está “rodando” mais rapidamente seu ciclo, ou ao menos aumentará sua cobrança pessoal em fazer isso. Lembre-se: não existe sucesso se você não se cobrar o tempo todo, desde que seja uma cobrança sadia, claro;
  • O cérebro está sempre “fresco” para receber novas formas de raciocínio ao mudar as disciplinas de poucas em poucas horas ou minutos;
  • Por último, o principal para mim: ele que se adapta a sua rotina e não o contrário, como no uso dos quadros de horário.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Definindo as suas metas de estudo para concurso

Inicialmente, vou orientar a construção de uma meta de estudo para um período de três meses, pelo menos. Vale ressaltar que o contexto é a preparação pré-edital.

Pensando nisso, considere os seguintes aspectos para definir as suas metas:

1. Você tem ideia de quantos minutos demora por página de um material?

O primeiro passo é mensurar quanto tempo você demora por página de conteúdo que você lê.

Anote o tempo que você levou para estudar determinado material e divida pelo número de páginas. Assim, você passa a ter a média de minutos/página.

Mas, é claro que esse valor irá variar de acordo com:

  • a disciplina;
  • a complexidade do assunto;
  • o material;
  • tamanho da letra;
  • e mais.

Jamais sente para estudar “a Deus dará”, entenda a sua média de tempo de estudo. Meça os minutos/página de três a quatro vezes, para ter um valor mais certo.

2. Tenha uma expectativa de horas a serem estudadas por trimestre/semestre

Sua meta de horas de estudo diárias deve ser realista, de acordo com o que você realmente é capaz de estudar.

Para definir a estimativa de horas por dia e, depois, por semana, mês e trimestre, primeiro trace seus compromissos diários para já subtrair essas horas.

Isso deve incluir consultas médicas, tempo dedicado aos filhos, aos exercícios físicos, se você descansa aos sábados e aos domingos.

Dessa forma, some o número de horas dedicadas aos estudos no período determinado e tenha o número de horas que você acredita que será capaz de estudar por trimestre, como no nosso exemplo.

Vamos supor que você definiu que irá estudar 300 HBCs até o final de março. Vamos supor também que você fez um ciclo de estudos de 20 horas de duração. Isso significa que, até o fim de março, você precisa dar 15 rodadas no seu ciclo.

Assim, se, no seu ciclo, você estuda 2 horas de português, ao final de 15 rodadas, no fim do trimestre, você terá estudado 30 horas de português. Faça essa estimativa por horas de cada disciplina!

Com a média de horas por disciplina por trimestre, você consegue dividir pela média de minutos/página e ter a ideia de quantas páginas irá estudar até o final do período definido.

3. Seja realista

Você não pode ser muito “romântico” e acreditar que por que o ano é novo que seu ritmo mudou, que você lerá todos os livros e assistirá a todos os cursos até o final do mês.

Tenha uma noção exata do tempo de estudo que você aguenta diariamente, para que as suas metas de estudo para concurso sejam, sobretudo, realistas!

Se você calculou que leva, por exemplo, 5 minutos por página de Português, em uma hora irá estudar 12 páginas.

Se, no seu ciclo, for estudar 30 horas de Português até o fim do período estabelecido, terá 360 páginas estudadas até o fim do prazo definido.

Dessa forma, tendo ideia do que você é capaz de cumprir, é possível se desafiar e pensar em o que mais poderá fazer se atingir sua meta.

O que uma meta precisa ter?

Quer saber se você definiu, de fato, uma boa meta? Assim, é só avaliar se a sua meta:

  • Tem o que você irá fazer;
  • Tem até quando você irá fazer;
  • Tem prazo em que você irá fazer;
  • Se é realista;
  • Se é mensurável.

Verifique sempre se você está adiantado ou atrasado, a fim de garantir que você cumpra o número de horas prometidas.

Em suma, toda e qualquer meta da sua vida deve ser quantificada e mensurável dentro de um espaço de tempo. Se não, elas irão se tratar apenas de desejos vazios!

Portanto, verifique se você está demorando mais tempo do que o mensurado inicialmente e, qualquer coisa, recalcule suas rotas.

As metas de estudo para concurso também servem, sobretudo, para você se desafiar. Com elas, você irá deixar de lado as distrações, desculpas e garantir o cumprimento do que foi estabelecido.

Por fim, tenha foco! Lembre-se de que você que controla os seus estudos e não os seus estudos que controlam você!

É verdade que as dificuldades do caminho da aprovação são enormes. Mas elas podem ser muito facilitadas quando você tem as ferramentas corretas ao seu alcance.

Saiba que você não precisa, e nem deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Thiago Magalhães.

Ver todos os artigos de Thiago Magalhães