Inglês para concursos - veja a importância de estudar a língua estrangeira

Inglês para concursos: veja a importância de estudar a língua estrangeira

Mesmo que outras línguas, como o espanhol, possam ser cobradas, o inglês, um dos idiomas mais falados do mundo, ainda é a língua estrangeira predominante. O problema é que muitas pessoas não tiveram boas aulas de inglês na escola e têm dificuldade para aprender o idioma. Pensando nisso, hoje vamos falar da importância de saber uma língua estrangeira e dar dicas de estudo de inglês para concursos. Continue sua leitura para saber mais!

Inglês para concursos: dicas de estudo

Como o inglês ainda é o idioma mais escolhido pelos concurseiros, vamos dar algumas dicas para você se sair bem nessa prova. Porém, algumas dessas dicas também podem ser facilmente aplicadas para outros idiomas – então não se preocupe se você escolheu o espanhol!

Não confunda Inglês com Inglês para concursos

Estudar inglês para aprender a falar o idioma e estudar para passar em um concurso público são tipos completamente diferentes de estudo. Quando você estuda para aprender o idioma, precisa treinar seu listening (escuta), praticar sua pronúncia, aprender gírias e expressões do dia a dia.

No inglês voltado para concursos, você deve se concentrar em ler, interpretar textos e conhecer o vocabulário utilizado na prova, que normalmente é mais técnico e formal do que o falado no dia a dia.

Conheça sua prova

Cada banca organizadora de concurso público tem seu próprio estilo e sua própria maneira de cobrar inglês nas provas. E assim como as provas mudam, a sua abordagem de estudo também deve mudar. Por isso, procure conhecer a prova para montar seu plano de estudo.

Comece procurando as provas anteriores na internet para saber qual é o formato das questões e que tipo de texto costuma cair, além de treinar fazendo alguns exercícios. Se o edital já saiu, leia-o com atenção para saber se só cai interpretação de textos ou se também cai gramática.

Estude muito vocabulário

Inglês para concursos - veja a importância de estudar a língua estrangeira 1

Um fator em comum em todas as provas de idiomas em concursos públicos, inclusive na prova de português, é que você precisa ser bom em leitura e interpretação. Por isso, conhecer muito vocabulário é essencial.

Quem está começando a aprender do zero e não tem qualquer vocabulário pode começar com uma palavra nova por dia, anotando-a em um caderno junto com seu significado. A parte mais importante é repetir esses vocabulários todos os dias para não se esquecer do que significam.

Se você já estiver mais avançado, pode começar a escrever frases completas com os vocabulários que está estudando. Assim, você fixa melhor a palavra nova e a gramática envolvida.

Na hora da prova, circular as palavras que você conhece no enunciado pode te deixar mais seguro quanto à compreensão do texto inteiro.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Use as palavras conhecidas a seu favor

Mesmo quem acha que está começando a estudar inglês para concursos sem nenhum conhecimento sobre a língua, provavelmente, já conhece algumas palavras. Parte delas são palavras em inglês que usamos com frequência no nosso vocabulário, como marketing, call center, coffee break etc. Quando você sabe o que essas palavras e expressões significam, pode entendê-las em um contexto textual.

Outras palavras que você já conhece são as chamadas cognatos verdadeiros, que são palavras em inglês que se parecem muito com palavras em português e, de fato, significam a mesma coisa. Por exemplo, future, positive e human significam exatamente o que parecem: futuro, positivo e humano.

Cuidado com os falsos cognatos

Ao contrário dos cognatos verdadeiros, os falsos cognatos podem trazer problemas para quem está fazendo uma prova de língua estrangeira – e, por isso, você deve estudá-los bem. Eles são palavras que se parecem com palavras da língua portuguesa, mas significam algo completamente diferente.

Por exemplo, college não significa colégio, e sim faculdade. Library não é uma livraria, e sim uma biblioteca. E content não é contente, e sim conteúdo.

Provas de concursos em geral usam essas palavras para confundir os candidatos. Por isso, é importante focar seus estudos nelas. E se você vir uma palavra no texto e, não sabendo seu significado, pensar que ela se parece muito com uma palavra em português, desconfie.

Conheça termos técnicos

Como dissemos acima, estudar inglês para concursos significa estudar um vocabulário específico. Muitas vezes, você precisa saber termos relacionados ao cargo a que está concorrendo ou à área do concurso.

Por exemplo, se você fizer um concurso para a área fiscal, saber termos que envolvem economia, tributação e outros fatores do tipo pode ser essencial.

Leia muito em inglês

Inglês para concursos - veja a importância de estudar a língua estrangeira 2

Ler ajuda não apenas a aumentar seu vocabulário e acostumá-lo às expressões mais comuns, mas também pode ajudá-lo a se habituar com assuntos que podem cair na prova. Procure por notícias em inglês, especialmente da área em que você quer atuar, para conhecer o vocabulário e se acostumar com todos os tipos e tamanhos de textos.

Coloque o inglês no seu dia a dia

Essa dica vale especialmente para quem nunca estudou inglês ou sabe muito pouco: quanto mais você colocar o inglês no seu dia a dia, mais fácil será absorver o idioma. Procure assistir a filmes e séries com legendas em inglês, escute músicas e leia em inglês sempre que possível. Assim, seu cérebro se acostuma com o idioma e, com o tempo, será mais fácil aprender e decorar as informações de que você precisa para a prova.

Por que é importante saber uma língua estrangeira?

Nas últimas décadas, vimos como o conhecimento de línguas estrangeiras foi tomando um grande espaço no mercado de trabalho. Há alguns anos, saber inglês ou espanhol era um grande diferencial na sua vida profissional e o colocava na frente de todo e qualquer candidato a uma vaga de emprego.

Porém, a globalização fez com que precisássemos nos adaptar cada vez mais rápido a uma realidade de tecnologias mais eficientes e comunicações mais rápidas.

Quem sabe um segundo idioma tem condições melhores de acompanhar as mudanças que vêm ocorrendo no mundo todo e, por isso, saber inglês ou espanhol já não é um diferencial em muitas áreas: é uma necessidade.

No caso dos concursos públicos, podemos ver o surgimento das provas de língua estrangeira como um resultado da internacionalização política e econômica. Alguns concursos que cobram essa disciplina são o da Receita Federal, do ICMS em São Paulo e no Rio de Janeiro e o do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Na maioria das vezes, você pode escolher qual idioma prefere na prova – assim como nos vestibulares e no ENEM –, mas eles costumam ser inglês, que é a língua da globalização, e o espanhol, que é a língua comercial do Mercosul.

Escolher entre esses idiomas nem sempre é fácil. Por isso, a Método de Estudo tem um módulo na Liga da Aprovação sobre esse assunto!

Aprender inglês para concursos não precisa ser uma dor de cabeça. Comece aos poucos, aumentando seu vocabulário, e vá introduzindo as matérias de que precisa para a prova. Dia após dia, você vai se tornando um expert no assunto!

É verdade que as dificuldades do caminho da aprovação são enormes. Mas elas podem ser muito facilitadas quando você tem as ferramentas corretas ao seu alcance.

Saiba que você não precisa, e nem deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Thiago Magalhães.

Ver todos os artigos de Thiago Magalhães