Blog
Explicação sobre idade máxima para prestar concurso público

Qual a idade máxima para prestar concurso público?

Uma dúvida recorrente nos comentários do blog e do canal é se existe uma idade máxima para prestar concurso público. Normalmente, as perguntas são: 

  • “A partir de que idade o candidato pode se inscrever?”
  • “Se ainda não completei 18 anos, posso prestar um concurso?”
  • “Existe uma idade ideal para estudar?”

O fato é que estabilidade, plano de saúde e bons salários são alguns dos atrativos das carreiras públicas. Mas fique tranquilo, meu amigo! A idade não é o fator determinante para a sua aprovação. 

Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas sobre a idade máxima para prestar concurso público e veja respostas para outros questionamentos comuns.

Afinal, existe idade máxima para prestar concurso público? 

A maioria dos concursos públicos exige que o candidato tenha pelo menos 18 anos até a data de posse. Outros, ainda, requerem a idade máxima de 65 anos. Mas, de acordo com a Constituição Federal (artigo 7º, inciso XXX), não há idade máxima para prestar concurso público:

“Art. 7º. São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:

XXX – proibição de diferença de salários, de exercício de funções e de critério de admissão por motivo de sexo, idade, cor ou estado civil”.

Portanto, legalmente, não existe um limite de idade. No entanto, a limitação encontra-se nos pré-requisitos e, consequentemente, no nível de qualificação. Se você tiver apenas o nível médio, independentemente da idade, você poderá prestar concursos para cargos apenas dessa categoria.

Em geral, tais cargos não são tão difíceis de passar quanto os de nível superior. Entretanto, você terá uma remuneração menor do que as das oportunidades destinadas aos candidatos que concluíram a faculdade.

Além disso, seja você mais jovem ou mais experiente, vale a pena investir em um curso superior ou curso de tecnologia ao decidir entrar para a vida de concurseiro. O tecnólogo é uma excelente alternativa, pois é uma graduação de nível superior, com duração mais curta, (em torno de dois a três anos).

O tecnólogo permite que você preste concursos públicos para cargos conceituados, como Auditor Fiscal da Receita Federal, Agente da Polícia Federal e Auditor Fiscal de quase todos os estados.

Leia também: Como ser policial federal: o guia completo para o concurso

Com essa modalidade de curso superior, é possível cumprir rapidamente os requisitos exigidos para os cargos mais concorridos. Lembre-se de que o curso deve ser reconhecido pelo Ministério da Educação.

Também vale ressaltar que os aposentados pela iniciativa privada podem prestar concurso público. A lei permite que a aposentadoria do INSS seja acumulada com a aposentadoria própria dos servidores públicos.

No vídeo abaixo você confere mais detalhes sobre a idade máxima para prestar concurso público:

Você sabia? Os fundadores e sócios da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCar, UNIFESP, etc.) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES, etc.)?

E tem mais: o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkeley e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Acesse nosso site e conheça mais sobre o Estudaqui, e também continue lendo :)

Qual a idade máxima para entrar na Polícia Federal, Civil e Militar?

Perguntas como “Qual a idade máxima para entrar na Polícia Federal?”, “Qual a idade máxima para entrar na Polícia Civil?”  e “Qual a idade máxima para entrar na Polícia Militar?” são frequentes, pois é natural questionar se essa profissão tem alguma limitação em relação a esse requisito. 

No caso da Polícia Federal, teoricamente não existe uma idade máxima. Porém, há uma aposentadoria compulsória aos 65 anos, então isso implica em um limite, quer queira quer não. 

Considerando o caso da Polícia Civil, alguns cargos estipulam em edital a idade máxima de 45 anos, por isso é importante ter atenção a esse requisito. 

Veja aqui como montar um cronograma de estudos para a Polícia Civil.

E sobre a Polícia Militar, a limitação de idade vai variar de acordo com o edital de cada cargo, pois algumas vezes há uma idade máxima para se candidatar aos cargos da PM, o que pode variar de 28 a 45 anos.

Faço aqui uma breve pausa no artigo para deixar claro que eu, Alexandre Meirelles, não tenho nenhuma relação com a Estudaqui e que não ganho nada ao escrever esses artigos e nem ao indicar o aplicativo Estudaqui. 

Indico o app e apoio o site porque gosto e porque eles realmente são os melhores do mercado no que fazem e são de longe a melhor opção!

Agora sim, vamos em frente!

Vitalidade vs. experiência ao prestar concurso público

Como você pôde ver, a idade não é um impeditivo para prestar concursos públicos. No entanto, a experiência ou juventude apresentam diversos prós e contras quanto ao desempenho obtido nos certames.

Quando fui aprovado para Fiscal do Estado de São Paulo, em 2006, cargo que ainda exerço, conheci um colega aprovado aos 21 anos. Inclusive, na época ele foi o fiscal mais novo que já entrou para o Estado.

Ao mesmo tempo, neste mesmo concurso, houve um aprovado aos 61 anos. As idades eram muitas: 40 e poucos anos, 56, 58, enfim. Isso exemplifica que, independentemente da idade, se há foco no objetivo, a aprovação pode ser alcançada.

Contudo, a diferença de idade pode lhe dar vantagens em relação a dois aspectos distintos: vitalidade e experiência.

Aos 35 anos, fui aprovado para Auditor da Receita Federal e Fiscal do Estado de São Paulo. Nessa época, estudei e me preparei em uma fase mais madura da vida. No entanto, anteriormente, vivenciei outra fase de estudos para concursos públicos. 

Em 1991, quando eu ainda era aluno da UFRJ, comecei a estudar para concursos. Aos 24, assumi o cargo de Auditor Fiscal em Belo Horizonte.

Em diferentes idades para preparação, conquistei cargos de grande responsabilidade. Vou explicar as diferenças que senti nas duas fases!

Mais jovem, mais energia

A grande vantagem de estudar para concursos quando se é mais jovem está no maior nível de energia para encarar a jornada de estudos. O raciocínio é mais rápido, bem como a capacidade de memorização. 

Quando você é jovem, em geral, você deseja conquistar logo um emprego. Por isso, tem a ânsia de passar nos primeiros concursos, prestar todas as oportunidades e conquistar resultados rápidos.

Por outro lado, essa necessidade de consolidar-se quanto antes no mercado gera mais ansiedade e nervosismo na hora das provas. Assim, sua grande vantagem está na vitalidade. Na maioria das vezes, os jovens ainda não têm filhos e, consequentemente, possuem mais tempo livre para se dedicar às matérias e organizar sua rotina de estudos.

Nessa fase, ainda é possível prestar um concurso e, após a aprovação e estabilidade, refletir sobre a carreira e se preparar para alçar voos ainda maiores.

Montar uma rotina de estudos que se encaixe à sua realidade pode ser um desafio, mas com o aplicativo Estudaqui isso fica muito mais fácil. Em poucos segundos ele monta seu ciclo de estudos personalizado considerando suas dificuldades pessoais e alternando raciocínio com memorização. 

Confira no vídeo abaixo uma explicação completa sobre o ciclo de estudos. 

Além disso, o aplicativo Estudaqui tem uma série de outras funcionalidades, como controle de estudos e estatísticas, gatilhos para você cumprir suas metas, gestão e lembretes de revisão, e muito mais.

Conheça o Estudaqui e veja como ele pode te ajudar.

Mais maduro, mais experiência

É claro que, com o passar dos anos, a memória e a agilidade na assimilação dos conteúdos estudados reduzem gradativamente.

Após os 35 anos, muitos concursandos já são pais e mães, e o tempo de cuidado com os filhos reduz a jornada de dedicação aos estudos. Se esse é o seu caso, sugiro que leia o artigo “Como conciliar paternidade e estudo para concursos públicos?”. Algumas dicas práticas vão te ajudar a organizar seus estudos.

Porém, a grande vantagem de estudar para concursos quando você está mais velho está na experiência. Nos concursos renomados, por exemplo, quando as provas apresentam formatos diferentes dos anteriores, o tempo de prova sofre um arrocho.

Nessas situações estressantes, em geral os concursandos mais jovens têm a inteligência emocional afetada, enquanto os mais experientes conseguem driblar a pressão e realizar uma boa prova.

O momento ideal para estudar para concursos públicos é agora!

Visto que não há idade máxima para prestar concurso público, fica o questionamento: “Qual é a melhor fase para começar?”

Para se ter uma ideia, a média de idade dos aprovados nos mais importantes e melhores concursos públicos da área fiscal é de 31 a 33 anos. No entanto, também há diversos aprovados com mais de 40 ou 50 anos.

Se você está insatisfeito com a sua ocupação atual e deseja prestar concursos públicos, tenha em mente que não existe um limite de idade e que o momento ideal para estudar é agora!

Caso você tenha uma boa formação, tenha acesso a bons materiais de estudo atualizados, cursos e videoaulas, é só criar um plano de estudo para concurso e se dedicar bastante para cumprir o conteúdo exigido nos editais.

Tenha em mente que, independentemente da idade, você terá suas facilidades, desafios e limitações físicas, mas sempre totais condições de ser aprovado no concurso que desejar.

E mais: a prática leva à perfeição. No início, a rotina de estudos para concursos públicos pode ser exaustiva, principalmente para quem, além de estudar, também trabalha. Porém, com o tempo, seu raciocínio e capacidade de memorização melhoram significativamente!

Aproveitando o assunto, indico a leitura do artigo: “Dá para estudar para concurso público e trabalhar ao mesmo tempo?”. Além de dicas, você também terá uma injeção de ânimo para sair da sua zona de conforto!

Preocupe-se em cumprir os requisitos, qualificar-se e estudar! Esqueça essa ideia de que há idade máxima para prestar concurso público. Acredite em você!

E lembre-se: com as ferramentas certas em mãos, independentemente da idade, estudar deixa de ser algo pesado e passa a ser parte da sua rotina. Conte com o aplicativo Estudaqui para manter a motivação nos estudos, acompanhar sua performance, receber dicas e muito mais. 

Estudaqui é o estudo perfeito na palma da mão! 

Saiba mais sobre o app Estudaqui.

Agora que você já sabe que não existe idade máxima para prestar concurso público, fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Alexandre Meirelles.

Ver todos os artigos de Alexandre Meirelles.