Dicas para fazer uma boa prova de concurso – parte 1 - o antes

Dicas para fazer uma boa prova de concurso – parte 1: o antes

Tão importante quanto estudar muito nos meses – e até anos – que antecedem o concurso desejado, é estar afiado no grande dia para não botar a oportunidade a perder. Por isso, são muitos os concurseiros que me pedem dicas para fazer uma boa prova de concurso.

Mais do que levar as canetas, tomar cuidado com eletrônicos e levar o cartão de inscrição, há outras dicas para provas de concurso ainda mais valiosas, que envolvem a organização e o emocional.

Assim sendo, decidi escrever um guia com dicas para fazer uma boa prova de concurso, dividido em duas partes.

Na primeira parte – que é esta que você está lendo agora – vou dar alguns conselhos para a semana que antecede a sua prova. No próximo artigo, ou seja, na parte 2, você poderá ler as dicas do que fazer durante a sua prova.

Dessa forma, se você quiser fazer toda a sua preparação valer a pena e alcançar a aprovação, continue a leitura e confira dicas para provas de concurso na semana que a antecede.

Faço apenas uma breve pausa no artigo para deixar claro que eu, Alexandre Meirelles, não tenho qualquer relação com a Estudaqui e que não ganho nada ao escrever esses artigos e nem ao indicar o aplicativo Estudaqui. Indico o aplicativo e apoio o site porque gosto e porque eles são realmente os melhores do mercado no que fazem, são de longe a melhor opção!

1. Não faça nada que te coloque em risco – seja paranoico

É claro que a semana que antecede a prova é repleta de ansiedade e expectativas. Por isso, você irá ouvir de várias pessoas que deve se exercitar, jogar bola e usar outras técnicas para eliminar o estresse.

No entanto, eu sou um tanto cuidadoso quando o assunto é a semana que antecede a prova. Se eu fosse você, não arriscaria sua saúde tão perto da prova.

Afinal de contas, todo mundo já sofreu com a Lei de Murphy – se algo pode dar errado, possivelmente dará errado.

Imagine só: você estudou, se preparou, está afiado e aí acaba perdendo a prova por um tornozelo torcido. É de um azar e tanto, né?

Por isso, ao meu ver, seja precavido! Resguarde-se e busque alternativas menos arriscadas para aliviar o estresse e a ansiedade.

Atividades leves como caminhadas, ioga e pilates, por exemplo, são boas válvulas de escape, sem riscos de gerar machucados.

2. Cuide da sua alimentação

Principalmente para os concurseiros que precisam viajar para outros estados para fazer prova, é necessário ter cuidado redobrado com a alimentação.

Não vá comer alimentos que você não conhece ou confia, nem mesmo optar por refeições altamente perecíveis, que estragam fácil (como a boa e velha maionese caseira).

Em 1992, por exemplo, quando fui prestar o concurso para Auditor Fiscal da Prefeitura de Belo Horizonte, resolvi experimentar a tão famosa comida mineira.

Nessa, comi feijão tropeiro, experimentei a cachaça local e passei a prova indo duas, três vezes ao banheiro.

Passei no concurso raspando, pois esses momentos que perdi com idas ao banheiro poderiam ter me dado questões que me trariam mais folga para ser aprovado.

Antes da prova, cuide da sua alimentação, ela é fundamental para a sua saúde. Não pule refeições e prefira alimentos leves e ricos em vitaminas, como frutas, legumes e verduras.

3. Evite discussões bobas, sobretudo com familiares

Uma das mais valiosas dicas para fazer uma boa prova de concurso é buscar manter a calma e a sua serenidade.

Assim sendo, evite qualquer assunto ou foco de discussão nos dias que antecedem a prova – sobretudo com familiares e namorados, que têm ainda mais impacto no nosso emocional.

Fuja de assuntos de política, discordâncias de opinião, entre outros temas polêmicos que possam causar palavrões e choradeira.

Além disso, nós sabemos que nem sempre todas as famílias dão 100% de apoio aos concurseiros.

Logo, se aos 45 do segundo tempo você ouvir críticas sobre seus estudos, que não irá passar, que concurso é fraudado, respire fundo, conte até 10 e mantenha o foco no seu objetivo.

Se você sofre com isso constantemente, escrevi outro artigo aqui no blog que irá o ajudar a lidar com esses impasses: como lidar com a pressão familiar durante os estudos para concursos?

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui, e também continue lendo :).

4. Faça um checklist para a sua prova

Alguns dias antes da prova, faça um checklist com todos os itens que devem estar preparados na véspera da prova.

Essa é uma das principais dicas para provas de concurso, pois qualquer incongruência com as exigências do edital pode até mesmo te eliminar do certame.

Por isso, leia o edital com atenção e crie o checklist com o que você pode e deve levar; entre os itens mais recorrentes estão:

  • documento de identidade com foto;
  • canetas azuis ou pretas de corpo transparente;
  • cartão de inscrição;
  • garrafa d’água branca sem rótulo;
  • prendedor de cabelo;
  • entre outros.

Além disso, lembre-se de levar itens como remédios e alimentos (leves, como barras de cereais), que irão garantir seu bem-estar durante a prova.

Já para as meninas que possuem cabelos longos, além dos rapazes que também mantêm esse estilo, não se esqueçam dos prendedores de cabelo.

Em geral, as bancas exigem que os cabelos longos sejam presos para deixar as orelhas à mostra, evitando fraudes com pontos eletrônicos.

5. Na noite que antecede a prova, programe dois despertadores

Você possivelmente precisará acordar cedo no dia de fazer a prova. Por isso, a minha dica é não confiar em apenas um despertador, principalmente naqueles conectados à energia.

Nada também de contratar serviço de despertador do hotel! Você deve confiar apenas nos dispositivos que você programou.

Assim sendo, carregue seu celular com antecedência, programe o despertador e, o mais importante, deixe-o longe de você. Isso evita que você aperte a “soneca” ou o desarme sem perceber.

Além disso, use outro, analógico, em algum outro lugar do quarto, garantindo assim que você desperte na hora certa.

6. Já deixe tudo pronto com antecedência

Uma das dicas para provas de concurso mais preciosas é deixar tudo esquematizado com antecedência, evitando assim imprevistos.

Separe, na noite anterior, a roupa que usará no dia seguinte (bem como os itens do checklist). Além disso, deixe também tudo certinho para o café da manhã.

Caso você tenha provas de manhã e à tarde, prepare um sanduíche para comer entre as duas provas.

Mesmo que prefira almoçar, não confie 100% nos restaurantes da região. Eles podem estar lotados de outros candidatos neste horário entre provas, te atrasando.

7. Alongamentos também são dicas para provas de concurso

Antes de entrar para a prova e, durante a prova, em uma eventual ida ao banheiro, alongue seus músculos, evitando o cansaço.

Costas, pescoço e pernas merecem mais a sua atenção, pois são as regiões mais forçadas na posição que você fica para resolver a prova.

Essa prática irá te ajudar a combater o cansaço, garantindo mais bem-estar durante a realização do certame.

8. Saia de casa com muita antecedência

Essa, com toda certeza, é uma das dicas para fazer uma boa prova de concurso que você mais ouviu na vida. Mas é sempre bom reforçar!

Se a sua prova ocorre às 8h, por exemplo, nada de sair de casa só às 7h. Você estará sujeito às falhas com transporte, trânsito, imprevistos, acidentes que bloqueiam passagens e mais.

Além disso, pode ocorrer eventos em vias públicas que podem bloquear trajetos, atrasando a sua chegada, como corridas.

Meu amigo, fazer prova de concurso é um projeto longo, cansativo, no qual você dispensa muito tempo e energia. Não vá botar tudo a perder por conta de atrasos!

Se possível, conheça o trajeto na véspera e analise quais meios de condução são mais práticos para que você chegue com segurança. Assim, você evita todo e qualquer imprevisto!

Para os concurseiros de outra cidade, evite chegar na véspera do certame na cidade indicada. Se a sua prova é sábado, por exemplo, busque chegar quinta à noite, pelo menos.

Viajar na véspera te deixa sujeito a cancelamentos de voos, problemas na estrada e outros empecilhos que, se não te impedirem de chegar, irão te proporcionar um estresse desnecessário.

Dicas para fazer uma boa prova de concurso: que tal tirar dúvidas na mentoria?

Uma semana antes da sua prova dá tempo, sim, de sanar algumas dúvidas que ficaram em aberto sobre o conteúdo.

Esse processo de revisão e de ficar seguro às vésperas da prova pode ser muito mais fácil se você contar com o apoio de uma mentoria para concursos públicos.

Se você quer ter certeza de que está fazendo tudo realmente da melhor maneira, você pode contar com a experiência de grandes profissionais do mercado para te ajudar na aprovação.

Por fim, meu amigo, te dou um conselho sobre a prova de concurso: a pressa é a inimiga da perfeição. Ajuste os últimos detalhes com antecedência que, assim, você chegará no grande dia muito mais tranquilo.

E para finalizar, tenho aqui uma última dica importante: saiba que você não precisa, e não deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Alexandre Meirelles.

Ver todos os artigos de Alexandre Meirelles.