CONCURSOS FISCAIS - As principais características

CONCURSOS FISCAIS: As principais características

Os concursos para a área fiscal são muito populares e concorridos, e o que esses cargos têm de tão atrativos? Hoje vamos conversar sobre as principais características do concurso público para Auditor Fiscal, como são os cargos da área e o que eles fazem. Além da boa remuneração, existem outros fatores que tornam o cargo de auditor tão cobiçado, seja o Auditor Fiscal da Receita Federal ou o Auditor Fiscal do Trabalho, por exemplo.

O concurso Receita Federal é sempre concorridíssimo, assim como todos os outros para auditoria e Diante dos problemas econômicos enfrentados pelo país atualmente, os concursos fiscais acabam sendo muito aguardados pelos concursandos de todo o Brasil. De acordo com o site Folha Dirigida, o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, destacou a urgência da abertura do certame. Ele afirmou ainda que mesmo com o programa de demissão voluntária (PDV) a Receita não pode abrir mão de nenhum funcionário atualmente, pois o déficit de profissionais é alto e a Receita não realiza concurso para analista, por exemplo, já há cinco anos.

Portanto, os candidatos devem, como de costume, manter-se firme nos estudos. A área fiscal oferece excelentes salários e boas condições de trabalho. Em um ambiente muitas vezes instável, como é o mercado brasileiro, uma oportunidade de emprego dessas pode ser a passagem para uma vida mais tranquila e financeiramente segura. Hoje vamos conhecer um pouco sobre esses cargos, o que fazem e como é o dia a dia do profissional!

Os tipos de concurso público para Auditor Fiscal

Os concursos dessa área são os seguintes: Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil, Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, Auditor Fiscal do Trabalho, Auditor Fiscal das Receitas Estaduais e Auditor Fiscal das Receitas Municipais. Os editais de alguns desses concursos são parecidos, com as mesas bases. Dentro desses concursos, existem os que chamamos de concursos correlatos, que tem uma base parecida, mas alguma variação de conteúdo. Eles também são concursos fiscais, para cargos de auditores ou outros analistas.

A estrela do grupo é, com certeza, o Auditor Fiscal da Receita Federal, que chamamos de AFRFB. Os titulares do cargo têm vencimentos que passam os 20 mil mensais. Sobre usas atribuições, o AFRFB constitui, mediante lançamento, o crédito tributário e de contribuições; elabora e profere decisões ou participa delas em processo administrativo-fiscal e executa procedimentos de fiscalização, praticando os atos definidos na legislação específica, apenas para começar.

O Analista Tributário da Receita Federal do Brasil também merece destaque, atuando como apoio para o AFRFB. O Auditor Fiscal do Trabalho também, desponta, com salário chegando próximo ao do Auditor da Receita, e atuando até em áreas de grande valor social, como o combate ao trabalho escravo.

Os cargos federais tem um certo peso acima dos estaduais e municipais, embora esses possam ser tão bons e tão concorridos quanto aqueles da esfera federal. Esse é principalmente o caso se tratando de concursos nas capitais, como em São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Recife. Esses concursos também valem à pena ficar de olho pelos salários e condições de trabalho.

Você sabia?

Os fundadores da Estudaqui foram aprovados nos melhores vestibulares (USP/FUVEST, UFSCAR, UNIFESP etc) e também nos melhores concursos do Brasil (Auditor Fiscal de SP, do MT, do ES etc). E o projeto da Estudaqui foi validado por eles em alguns dos melhores cursos de empreendedorismo do mundo (Stanford, UC Berkely e Draper University), no Vale do Silício, na Califórnia.

Conheça nossa história e o aplicativo de estudo da Estudaqui. E claro, continue lendo :).

Quais são as maiores vantagens dos cargos fiscais?

A primeira delas é a estabilidade. Não apenas a estabilidade comum a todos os concursos públicos, mas também por um status elevado dentro do poder executivo. Esse status não é aquele para você se gabar, o que é uma bobagem, mas sim um status que lhe é garantido dentro do poder executivo, te dando maior poder de decisão, liberdade e importância na carreira.

O segundo, obviamente é a remuneração. A partir de números de declaração de imposto de renda, a profissão de auditor fiscal é a oitava mais bem remunerada no país. Há ainda outro benefício para os servidores da carreira fiscal: a diminuição do número de nível da tabela salarial. Antes, eram 13 níveis, agora, são apenas nove. Com isso, fica mais rápido chegar ao topo da carreira e, consequentemente, receber um valor maior de remuneração.

Outra vantagem: os concursos de auditor e fiscal geralmente aceitam qualquer formação. É claro que formados em direito talvez tenham uma “facilidade” ao estudar as disciplinas que estão dentro dessa área, mas lembre-se que existem outras como Raciocínio Lógico, Contabilidade e afins. Outras áreas de formação podem se aproveitar disso e nada impede que você formado em, por exemplo, Medicina, preste o concurso e seja aprovado. No final o que mais vai fazer diferença é sua disciplina e tempo de estudo bem aproveitado. Não posso deixar de citar também os tecnólogos, onde muitos concursos também aceitam. Sendo reconhecido pelo MEC, tem onde prestar a prova. Na dúvida, procure pelo último edital do seu município ou estado para ter certeza.

As principais características da área fiscal

Vamos elencar agora algumas peculiaridades dos cargos fiscais. Algumas são comuns ao serviço público em geral, mas vamos tentar nos focar naquelas exclusivas da área.

Para começar, tenho que citar aquela que, infelizmente, é uma vantagem do setor público sobre o privado: a igualdade. Ao concorrer, não importa seu sexo, orientação sexual, religião ou cor; somente importa sua nota e se ela te aprova. É uma pena essas diferenças ainda existirem no mercado e na sociedade, mas dentro da cerreira pública, pelo menos, você não irá se deparar com elas.

E, segundo, para os cargos fiscais, existe a flexibilização de horários. Fiscais externos podem fazer o Home Office se quiserem, ficando mais perto de suas famílias e escapando de trânsito, horários de almoço e clima de escritório. O horário tradicional também não precisa ser cumprido. Você pode trabalhar à noite, e fazer seu horário, tendo apenas que reportar os resultados.

Como já citamos de certa forma, outra característica é a presença de auditores em vários entes, como cidades ou estados. Então caso você tenha interesse em alguma cidade ou estado, pode focar em um desses concursos que você nunca será transferido para fora dos limites geográficos deles.

A abrangência da área

Os fiscais podem ser internos ou externos. O fiscal interno pode exercer a função em diversas áreas no trabalho. Toda a estrutura necessária, como Tecnologia da Informação, Cobrança, julgamentos, são exercidas pelos auditores. Isso abre um leque muito grande de possibilidades para o auditor trabalhar. Se você tiver uma formação em, por exemplo, T.I. e quiser fazer isso ali dentro, é possível. Apesar de estar nessa área, ele continua sendo um fiscal como qualquer outro, podendo se transferir para qualquer outo setor.

Para fiscais externos, o trabalho é mais direto: cobrar e analisar as contas de empresas. Ainda existem também os fiscais de fronteiras e de barreiras, que trabalham em postos de checagem revistando bagagens que possam conter contrabando. Com essas possibilidades, tanto internas como externas, você já deve ter percebido que tem muita coisa que você pode fazer. Diferente de outros concursos, onde você vai trabalhar com as mesmas tarefas para sempre.

É verdade que as dificuldades do caminho da aprovação são enormes. Mas elas podem ser muito facilitadas quando você tem as ferramentas corretas ao seu alcance.

Saiba que você não precisa, e nem deveria, tentar fazer tudo sozinho, facilite a sua vida usando uma tecnologia como a do aplicativo Estudaqui.

Em poucos segundos o app monta seu ciclo de estudo perfeito personalizado, sem você precisar ter qualquer trabalho. E isso não é tudo! O Estudaqui ainda permite, automaticamente:

  • controlar o tempo de estudo de maneira simples e fácil;
  • acompanhar as porcentagens de acerto em qualquer celular ou tablet;
  • ver relatórios de conclusão de estudo e avanços do conteúdo;
  • rever o histórico de tudo o que foi estudado;
  • tomar ações para melhoria de desempenho com ajuda da melhor tecnologia de estudo do mercado.
  • Acesse o site e conheça mais sobre o Estudaqui: estudo de alto desempenho, simples e acessível a todos!

Fique à vontade para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Um abraço, Thiago Magalhães.

Ver todos os artigos de Thiago Magalhães